icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
19/07/2013
08:31

Ano novo, vida nova. O bordão é antigo, mas se encaixa como poucos a Ana Marcela Cunha. A maratonista aquática estreia na madrugada deste sábado, às 5h (de Brasília), no Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona, nos 5km. E terá um programa de provas na Espanha recheado, a fim de esquecer a frustração de não ter ido aos Jogos Olímpicos do ano passado, em Londres.

Principal nome da modalidade no país ao lado de Poliana Okimoto – que também participa da prova de 5km –, Ana Marcela perdeu a vaga olímpica para a compatriota e rival na seletiva, disputada no Mundial de Xangai-2011. E de um jeito doloroso: ficou a apenas uma posição de garantir-se nos Jogos Olímpicos britânicos ao lado de Poliana.

Para o começo do novo ciclo olímpico, Ana Marcela adotou uma postura mais agressiva. Em Barcelona, nadará todas as disputas individuais. Além dos 5km deste sábado, a brasileira estará presente nos 10km, na próxima terça-feira, e nos 25km, prova da qual é a atual campeã mundial, no sábado seguinte.

– Este ano, não haverá prioridade. Vou tentar tudo o que der. Nos 5km e 10km é bom ir logo para o pelotão da frente, mas nos 25km, ainda vamos ver – disse Ana Marcela, única nadadora da delegação brasileira a ter um programa tão extenso em Barcelona.

Após não ir à Olimpíada, Ana Marcela teve um dos melhores momentos da carreira. Sagrou-se bicampeã da Copa do Mundo de maratonas aquáticas, que já havia conquistado também em 2010.

Além de Poliana Okimoto e Ana Marcela Cunha, Luis Rogério Arapiraca e Samuel de Bona integrarão a equipe brasileira na disputa dos 5km, neste sábado. As provas de maratona aquática serão disputadas em um circuito de 2,5km na região portuária de Barcelona.

Cerimônia abre Mundial espanhol

Principal instalação do Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona (ESP), o Palau Sant Jordi será sede da Cerimônia de Abertura da competição. O festejo ocorrerá na tarde desta sexta-feira, a partir das 16h45 (de Brasília), e contará com a presença da Orquestra Sinfônica de Barcelona (OCM). A cerimônia é chamada de “Dreams of water” (Sonhos de água) e tem duração planejada de cerca de 1h.

Ano novo, vida nova. O bordão é antigo, mas se encaixa como poucos a Ana Marcela Cunha. A maratonista aquática estreia na madrugada deste sábado, às 5h (de Brasília), no Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona, nos 5km. E terá um programa de provas na Espanha recheado, a fim de esquecer a frustração de não ter ido aos Jogos Olímpicos do ano passado, em Londres.

Principal nome da modalidade no país ao lado de Poliana Okimoto – que também participa da prova de 5km –, Ana Marcela perdeu a vaga olímpica para a compatriota e rival na seletiva, disputada no Mundial de Xangai-2011. E de um jeito doloroso: ficou a apenas uma posição de garantir-se nos Jogos Olímpicos britânicos ao lado de Poliana.

Para o começo do novo ciclo olímpico, Ana Marcela adotou uma postura mais agressiva. Em Barcelona, nadará todas as disputas individuais. Além dos 5km deste sábado, a brasileira estará presente nos 10km, na próxima terça-feira, e nos 25km, prova da qual é a atual campeã mundial, no sábado seguinte.

– Este ano, não haverá prioridade. Vou tentar tudo o que der. Nos 5km e 10km é bom ir logo para o pelotão da frente, mas nos 25km, ainda vamos ver – disse Ana Marcela, única nadadora da delegação brasileira a ter um programa tão extenso em Barcelona.

Após não ir à Olimpíada, Ana Marcela teve um dos melhores momentos da carreira. Sagrou-se bicampeã da Copa do Mundo de maratonas aquáticas, que já havia conquistado também em 2010.

Além de Poliana Okimoto e Ana Marcela Cunha, Luis Rogério Arapiraca e Samuel de Bona integrarão a equipe brasileira na disputa dos 5km, neste sábado. As provas de maratona aquática serão disputadas em um circuito de 2,5km na região portuária de Barcelona.

Cerimônia abre Mundial espanhol

Principal instalação do Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona (ESP), o Palau Sant Jordi será sede da Cerimônia de Abertura da competição. O festejo ocorrerá na tarde desta sexta-feira, a partir das 16h45 (de Brasília), e contará com a presença da Orquestra Sinfônica de Barcelona (OCM). A cerimônia é chamada de “Dreams of water” (Sonhos de água) e tem duração planejada de cerca de 1h.