icons.title signature.placeholder Matheus Babo
25/04/2014
09:48

Na última quarta-feira, Fred reencontrou um velho conhecido na partida diante do Tupi (MG). O lateral-esquerdo Bruno Barros é amigo de infância do artilheiro, quando os dois moravam em Teófilo Otoni. Bruno quem ajudou o atual camisa 9 tricolor a conseguir um teste no América-MG, pelo qual acabaria despontando.

– A minha relação com o Fred é muito boa, de irmão mesmo. Ele é meu amigo de infância. Levei-o para o América-MG, naquele começo de carreira. Ajudei muito. Falava para os companheiros de defesa aliviar para ele. Os amigos mesmos diziam que quando eu, que jogo de lateral, ia no fundo já sabiam que ia cruzar no Fred. Nós somos tão próximos que a mãe da filha dele conheceu o Fred através da minha esposa – disse Bruno, ao LANCE!Net.

L!TV
- Fred promete empenho para a Copa do Mundo

E MAIS
- Nos braços da galera! Após momento contubado, Fred volta à boa fase do Flu

Com um largo sorriso no rosto ao ouvir a pergunta sobre o amigo, o atacante do Fluminense também revelou uma ajudinha que deu para o companheiro no último encontro entre eles no jogo da última quarta, em Juiz de Fora.

– Brunão é um irmão meu. Me ajudou muito, conheço ele desde os sete, oito anos de idade. Os pais dele me tratam como filho e quando vou para Teófilo Otoni, sempre fico na casa dele. Me ajudou com um investidor, tipo Celso Barros de lá. De quase desempregado consegui assinar um contrato.

Bruno ainda falou sobre o período de recuperação de Fred no fim do ano passado, quando o jogador foi para um resort nos Estados Unidos e se dedicava em tempo integral para recuperar a velha forma física.

- Eu sei o quanto ele está se preparando para esta temporada e essa Copa do Mundo. Nós fomos para Miami em dezembro e ele se dedicou muito durante as férias. É lógico que nós também íamos para outlets, curtíamos os parques, mas os treinamentos estavam em primeiro lugar - controu o lateral do Tupi.


Com a bola toda: Fred fez dois gols contra o Tupi  (Foto: Paulo Sérgio/LANCE!Press)