icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/02/2015
15:52

O volante Amaral, do Palmeiras, foi mais um a citar a falta de entrosamento como uma das razões para as derrotas para Ponte Preta e Corinthians nas duas últimas rodadas do Paulistão, ambas em casa e por 1 a 0.

- A gente sabe que nem tempo para treinar estamos tendo, é jogo atrás de jogo. É mais na base da conversa, o professor está conversando para a gente se entrosar o mais rápido possível. Não posso falar um tempo específico para a gente entrosar, mas não dá para esperar muito. A gente vem de duas derrotas, temos que recuperar já na quarta-feira (contra o Rio Claro, no Allianz Parque) e iniciar uma sequência de vitórias - disse o camisa 15.

Dos 19 jogadores contratados para esta temporada, vários ainda não estrearam. São os casos, por exemplo, do goleiro Aranha, do volante Arouca e do meia Cleiton Xavier. Além disso, Valdivia segue no departamento médico tentando se recuperar de lesão na coxa esquerda e não tem previsão de estreia em 2015.

- A equipe do Corinthians já tem um padrão de jogo definido, se defende muito bem, tem jogadores experientes. Acaba dificultando um pouco. Nossa equipe ainda vem se conhecendo, companheiros novos estão chegando e a gente está procurando assimilar o que o professor está pedindo. Foi um jogo de poucas oportunidades, tivemos algumas e o Cássio foi muito feliz. O outro goleiro que entrou (Walter) também. A equipe do Corinthians também é madura, fez bastante cera e deixou o tempo passar. Isso também dificultou - acrescentou Amaral, que pediu ajuda da torcida.

- A gente também está chateado com essas duas derrotas, uma para o maior rival. A gente sabe que tem muita coisa a melhorar e pede que o torcedor continue nos incentivando, nos apoiando, que continue comparecendo. Porque isso vai ser importante para o crescimento da equipe. A gente pede que o torcedor continue com essse entusiasmo porque a equipe ainda vai dar muitas alegrias.