icons.title signature.placeholder Alexandre Braz e Marcello Vieira
16/11/2013
20:32

Quando a torcida do Botafogo compareceu em bom número ao Maracanã, parte dela teve motivo para voltar para casa com um sentimento de frustração. Antes da partida contra o Atlético-PR, neste sábado, foi registrada uma grande confusão nas bilheterias e alguns torcedores chegaram a desistir de comprar o ingresso.

A diretoria alvinegra decidiu fazer promoção. Enquanto o Setor Sul superior custava R$ 20, o lado Sul Inferior, por sua vez, estava sendo comercializado por R$ 60. Naturalmente, a demanda pelos ingressos mais baratos era muito maior e aquela área da arquibancada acabou esgotada. Os funcionários de orientação do Maracanã informaram aos alvinegros que o Setor Norte seria aberto também pelo preço de R$ 20. Contudo, não foi isso que ocorreu. Dessa maneira, ao invés de comprar os ingressos de R$ 60, os alvinegros se aglomeraram na fila esperando o retorno da venda dos bilhetes mais baratos.



A medida que o tempo ia passando e a situação não se resolvia, os torcedores foram ficando cada vez mais irritados com o que consideravam se tratar de uma falta de respeito. A impressão geral que ficou para a opinião pública era a de que a diretoria alvinegra esperava o lado Sul esgotar completamente para enfim abrir o outro lado. Uma espécie de chantagem emocional.

Enquanto alguns botafoguenses não resistiram e optaram mesmo por comprar os ingressos mais caros, outros, enfurecidos, protestaram e no fim se deram por vencidos. Nenhum botafoguense foi visto no lado norte. Com tanta desorganização, difícil é reclamar da falta de público. 

Atualização - 20h45

O LANCE!Net apurou que o problema nas bilheterias ocorreu porque cerca de cinco mil sócios-torcedores alvinegros fizeram a reserva dos ingressos de Setor Sul Superior, mas não compareceram ao jogo. Cerca de 20 minutos antes do jogo, o sistema de venda de bilhetes passou por um problema e como a diretoria alvinegra não havia efetivado a venda do Setor Norte antecipadamente, foi preciso readaptar as catracas do Setor Sul para funcionar com ingressos do Setor Norte.

Dessa maneira, os torcedores que não desistiram de assistir o jogo compraram essa carga de seis mil ingressos de bilhetes do Setor Norte entraram pelo Sul e lá assistiram. Por isso o Setor Norte acabou não sendo aberto. O diretor executivo do Botafogo, Sergio Landau falou sobre o caso:

- Não sei de quem é a responsabilidade por isso e não quero acusar ninguém, mas é uma sacanagem o que estão fazendo com os torcedores do Botafogo. Vamos ter que apurar isso e solucionar este problema - disse ao LANCE!Net, o gerente executivo do Botafogo, Sergio Landau.