icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2013
15:43

Depois de chegar na quinta colocação no GP de Abu Dhabi, Fernando Alonso precisava apenas esperar o resultado da investigação dos comissários do lance em que o espanhol ultrapassou Jean-Éric Vergne. O piloto da Ferrari foi absolvido.

Na volta dos boxes, Alonso emparelhou com Vergne e quase tocou a Toro Rosso. Para evitar o toque, o espanhol precisou completar a manobra fora da pista e, ao final da corrida, reclamou de falta de espaço.

- Obviamente, sempre é um ponto de interrogação o que eles vão decidir. Você precisa dar espaço quando tem um carro emparelhado. Ele não me deu esse espaço e eu precisei ir fora da pista. Ele vai dizer que o ultrapassei fora da pista, então vamos ver - declarou Alonso antes de saber o resultado da investigação.

Satisfeito com o resultado no circuito de Yas Marina, o piloto espanhol destacou a importância de seu desempenho para a Ferrari, que ainda busca o vice-campeonato do Mundial de Construtores, em briga acirrada com a Mercedes e a Lotus (a Red Bull já se sagrou campeã).

- É claro que perdemos algum tempo no tráfego, mas o quarto colocado estava 20s na nossa frente, então acho que o quinto lugar era o máximo possível. Tivemos uma Mercedes na nossa frente e outra atrás e uma Lotus na frente e outra atrás, então minimizamos a perda no Mundial de Construtores - finalizou.