icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/02/2015
11:37

Peça importante no time do Santos, o volante Alison tem sua lesão lamentada pelos companheiros. Nesta quarta-feira, o volante Renato falou sobre a ausência do camisa 5, que era titular ao seu lado. Por mais difícil que seja se adaptar a novos jogadores, ele pede que o Peixe não mude seu estilo de jogo e afirma que também irá se comportar da mesma maneira em campo.

- A gente fica triste pelo Alison, é uma lesão grave. Não era o resultado que a gente queria, apesar de ele ser jovem, sempre atrapalha. Mas meu jeito continua o mesmo, independente com quem estou jogando. O grupo tem uma forma de jogar. O Alison tem poder de marcação muito grande, voluntarioso, que encurta bem o espaço - afirmou Renato, um dos capitães do time.

- O grupo se uniu e o Enderson disse uma coisa correta, que o grupo, mesmo com as baixas que teve, várias oportunidades seriam dada. Quem entra agarra. Achavam que íamos brigar para não cair. Ele sempre quer que chegue novos jogadores. Mas o trabalho é duro, com muito sacrifício a equipe está evoluindo. Vamos manter a humildade, não conseguimos a classificação ainda, temos uma boa vantagem. O segredo do Santos é o trabalho - pontua o camisa 8.

Desde que Alison rompeu o ligamento cruzado do joelho direito contra o São Paulo, no último dia 11, o técnico Enderson Moreira deu chances a Leandrinho e Lucas Otávio. O colombiano Valencia deverá ser o próximo testado.

Em seis jogos no Paulistão, o Alvinegro levou dois gols, sendo a melhor defesa da competição