icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/11/2013
19:19

Quando veio ao Cruzeiro, Alexandre Mattos tinha como credencial o bom trabalho no América. Mas o diretor de futebol da Raposa teve que conviver com a instabilidade de mudança de diretoria e a desconfiança da torcida. Mas com contratações cirúrgicas, o diretor tem peso na iminente conquista celeste no Brasileirão. A maior satisfação do diretor é ver a torcida estrelada feliz novamente.

- O trabalho foi voltado para trazer a dignidade ao torcedor do Cruzeiro. Momento de satisfação pessoal minha de ver o torcedor do Cruzeiro alegre, sorridente. Orgulhoso de ser torcedor de um dos maiores times do mundo - afirmou Mattos.

Mattos ganhou o apelido da torcida de 'Mittos', por conta de contratações como Dagoberto, Julio Baptista e a vinda de Willian na venda de Diego Souza para o Metalist, da Ucrânia. Ele destacou o trabalho feito junto com Gilvan de Pinho Tavares, presidente do Cruzeiro, que ganhou o rótulo de 'mentor'.

- O resgate fez valer tudo que foi feito, com muita raça, determinação e amor. Eles estão alegres, mas ainda falta vir o título, que é o presente para o torcedor e para o nosso presidente, o nosso grande mentor, herói de tudo. Vai acontecer, se não hoje, mas nos próximos jogos.

O Cruzeiro não levou o título ainda, mas o sentimento dentro da equipe já é de conquista. E não diferente será o final deste domingo para Belo Horizonte. Em peso, a torcida voltará para casa com bandeiras no carro e foguetes no céu. Algo que Mattos também destacou.

- Vamos comemorar a grande vitória sobre um grande adversário. Vamos comemorar uma hance real e iminente do título. Lotaram as dependências do estádio. Belo Horizonte está em festa. Com mutia paz. Estou feliz, muito feliz de ver a dignidade de volta para o torcedor cruzeirense, é a minha maior felicidade - finalizou um dos personagens do tricampeonato, que virá.