icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/11/2014
08:06

Neste sábado, no Couto Pereira, às 19h30, o Fluminense enfrentará o Coritiba de olho na quinta vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro e na vaga para a Libertadores. Entretanto, o jogo não deve ser fácil. Na 17ª posição, o Coxa trata o confronto como uma decisão para tentar escapar da zona de rebaixamento. Em busca de compreender melhor os perigos que o time de Cristovão Borges deverá encontrar pela frente, o LANCE!Net conversou com profissionais que acompanham o dia a dia do adversário. Os dois fatores que inspiram mais cuidados são a pressão da torcida e o talento do meia Alex.

– Alex treinou com bola e parece estar melhor das dores na coxa. Era dúvida até então, mas acredito que jogue. Faltam apenas seis jogos e ele quer aproveitar cada momento para se despedir em grande estilo. É o maior trunfo do Coritiba. Para dar uma ideia da importância dele, considerando apenas os jogos que Alex atuou neste Brasileiro, o Coxa estaria na 14ª posição. Isso diz muito – explicou Robson Martins, repórter responsável por acompanhar o Coritiba no jornal paranaense "Gazeta do Povo".

Ex-atleta do Coxa, comentarista da Rádio Banda B e da TV Bandeirantes, Dionísio Filho acredita em vitória do Coxa pela força das arquibancadas do Couto Pereira.

– Cristovão sabe que o Coritiba é muito perigoso atuando no Couto Pereira. A tendência é de o Flu tenha uma postura respeitosa. Mas com a torcida presente e empurrando, acho que será difícil segurar o Coxa no sábado.