icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
14/02/2015
22:35

O meia-atacante Alex foi muito honesto na entrevista após a vitória do Internacional por 2 a 1 sobre o Caxias, neste sábado, em Caxias do Sul, pelo Campeonato Gaúcho. Disse que o Colorado sofreu com erros de arbitragem e que venceu a partida mesmo deixando a desejar, ou seja: uma vitória importante. Mas injusta.

- Apesar de termos sido prejudicados em lances importantes, isso acabou não atrapalhando a nossa vitória. Triunfamos, mas  Caxias foi melhor. Ele tem um time fortíssimo e nos dificultou muito. Mas acabamos sendo eficientes, como um grande deve ser.  Acho que estamos encontrando um Gauchão mais qualificado, pois temos muitos times treinando desde novembro e bem entrosados. E isso vai deixar a gente evoluir ainda mais para a Libertadores.

O meia comentou o fato curioso de que as duas vitórias do Internacional foram obtidas exatamente quado o time reserva esteve em campo. E fez a seguinte análise:

- Isso mostra que o grupo é forte. Colocamos na cabeça de cada atleta não titular que ele pode ter oportunidades no time principal para jogar 90 minutos ou nem entrar. E que temos de respeitar os companheiros e controlar o orgulho e vaidade. No fim, se tivermos sucesso, quem acaba ganhando é o internacional - disse Alex após a vitória por 2 a 1 diante do Caxias, no Centenário, em Caxias do Sul.

Por fim, ele comentou o aliívio de saber que está na lista de 30 jogadores inscritos para a Libertadores. Alex comentou que temia não fazer parte do grupo. E que isso o motivará para mostrar serviço e, no meio do ano conseguir renovar o seu contrato:

- Felizmente fui inscrito na Libertadores e agora sei que estou no grupo, pois estava na dúvida. O clube poderia querer outro atleta. Agora vou seguir mostrando o meu valor para que eu permaneça após o fim do contrato no meio do ano, que é uma coisa que eu quero muito.