icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/11/2014
22:14

Em um dia de reencontros, o meia Alex, ídolo do Palmeiras, enfrentou seu ex-clube, na última vez em que o camisa 10 poderá entrar em campo contra o Verdão, já que decretou o término de sua carreira ao fim da temporada. Na vitória de 2 a 0 do Coritiba, o meia deu uma assistência para o gol de Joel, e comentou após o encerramento da partida sobre o momento que viveu no jogo deste domingo.

- Não está fácil não, está bem difícil. Hoje foi um dia bem complicado. Tenho um carinho absurdo pelo Palmeiras, devo muito ao Palmeiras. Mas era o que tínhamos, ainda bem que deu certo - afirmou o Capitão do Coxa.

Alex em ação pelo Palmeiras: o meia foi campeão da Libertadores em 1999 com o clube (Foto: Daniel Augusto Jr)



Na próxima rodada, o vai visitar o Atlético-MG, e, neste momento, o Coxa conseguiu se distanciar um pouco da zona da degola, chegando aos 41 pontos, três a mais que o Vitória, time que abre a zona de rebaixamento, mas Alex não quer saber de acomodação e prega concentração na luta contra o Z4.

- Não muda nada, o Palmeiras continua na briga, Chapecoense, Vitória... Foi importantíssimo, mas não nos tira dessa condição - disse o camisa 10.