icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/07/2014
16:11

Bahia e Internacional, neste sábado, terá uma particularidade: os portões da Fonte Nova estarão fechados para o confronto. E a ausência de torcedores tricolores e colorados também traz uma diferença para dentro do campo. Segundo o meia Alex, o clima do jogo fica de um "amistoso" que vale pontos. O meia também prega que o Colorado não pode deixar o adversário tomar confiança.

A punição ao Bahia acontece por conta da superlotação do estádio de Feira de Santana, no confronto com o Santos. E a ausência de torcida adversária tem sido um fator que repercute nos atletas do Inter.

- É muito diferente. Falando bem simples, parece um amistoso valendo pontos de Brasileiro. O torcedor é alma do espetáculo. É quem faz barulho, incentiva ou vaia. Faz muita diferença, tendo ou não. Principalmente no Nordeste, é um torcedor impetuoso para seu time. A experiência que já tivemos de jogar sem torcida não foi das mais gostosas. Temos que estar atentos para estar fazendo as coisas certas. Dá para se ouvir em campo. Temos que nos orientar para buscar os resultados - disse Alex.

Com as arquibancadas vazias, os jogadores conseguem mais facilmente conversar em campo, seja entre eles ou com o técnico Abel Braga. A presença de rivais pressionando, segundo o meia, deixa o jogador mais alerta. Mas a situação pode, claro, acabar sendo positiva para o Colorado, que tentará controlar o rival para que ele não cresça na partida.

- Jogar em um estádio que não tem torcedor, tem que estar bem concentrado e preparado, para não ter surpresa. Torcedor te mantém alerta. Pode ser positivo ou negativo, time da casa cresce com a torcida a favor também. Futebol, por mais que eles estejam em um momento que não é tão fácil, podem reverter. Podem ter feito um jogo sem tanta confiança e o Corinthians não permitiu que jogassem muito, e com a gente pode ser que em uma jogada adquiram confiança. Temos que tentar trabalhar bem nisso, estamos em um momento legal e fora de casa tem que estar mais atentos. Temos que procurar conter o ímpeto deles - avaliou o camisa 12 colorado.

Alex voltará a ser titular após um longo tempo afastado, na vaga de Aránguiz, machucado. O meia afirma estar bem fisicamente e que irá evoluir com a sequência de partidas. O provável Inter tem Dida; Wellington Silva, Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Wellington, Alex, D'Alessandro e Alan Patrick; Rafael Moura.