icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/12/2013
21:54

Alessandro fez seu último jogo como atleta profissional neste sábado, na Arena Itaipava, na derrota por 1 a 0 do Corinthians para o Náutico. O lateral-direito, que vai pendurar as chuteiras aos 34 anos de idade, não escondeu a dificuldade de atuar sabendo que seria a última vez que pisaria num gramado.

– Passa um filme, você erra lances bobos. Ser jogador é realização de um sonho e é difícil saber que isso acabou. Colocar isso na cabeça é complicado. Estou me despedindo do futebol de forma alegre, mas não é fácil vivenciar isso – afirmou o camisa 2 do Timão, que ainda prometeu ficar.

– Eu não sei como será daqui para frente, mas foram seis anos no clube e alguma coisa eu sei que poderei ajudar. Não quero sair daqui, vamos ver o que a diretoria poderá resolver. Sempre confiei nas pessoas do clube – completou Alessandro.

O ex-jogador fez questão de agradecer a chance de vestir a camisa do Corinthians, com a qual conquistou oito títulos (Série B-08, Paulistas-09 e 13, Copa do Brasil-09, Brasileirão-11, Recopa-13, Libertadores-12 e Mundial-12).

- Se eu não tivesse encontrado o COrinthians na minha vida, eu não teria uma carreira como essa que eu tive. Tenho de agradecer às pessoas que me deixaram chegar ao clube, agradeço muito por cada semana, cada mês, cada ano. Um agradecimento eterno por tudo que eles fizeram por mim - afirmou.

- É difícil achar palavas para traduzir o que estou sentindo. Eu já era um pouco torcedor quando ficava fora da equipe, agora mais ainda. Eu até brinquei com os companheiros que eu serei mais corneteiro do lado de fora (risos). Quero ficar por perto do Corinthians, quero acompanhar tudo que será feito - finalizou.