icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/07/2013
13:04

Sabine Lisicki ignorou o favoritismo de Agnieska Radwanska e avançou à final de Wimbledon. Nesta quinta-feira, a alemã número 24 do ranking da WTA derrotou a polonesa (4ª) por 2 sets a 1, com parciais de 6-4, 2-6 e 9-7

Se na primeira semifinal de Wimbledon Marion Bartoli sobrou em quadra contra Kirsten Flipkens, na definição da segunda finalista o equilíbrio tomou conta da arena central de Londres. Ao fim, melhor para Lisicki, que disputará o título do Grand Slam com a francesa Bartoli (15ª) neste sábado. Ou seja, a decisão do Grand Slam inglês não terá tenistas do top 10 da WTA.

- É inacreditável. Os últimos games de jogo foram excitantes. Nós estavamos lutando muito e Agnieska jogou muito bem. Não acrdedito que consegui (avançar à final) - declarou Lisicki.

A algoz de Serena Williams em Wimbledon, começou o jogo mostrando que as posições no ranking pouco influem. Após confirmações de saque das tenistas, Lisicki derrubou o serviço de Radwanska no sétimo game para fazer 4-3. Em seguida, Radwanska não conseguiu devolver a quebra e a alemã venceu o set por 6-4.

No segundo set, Lisicki seguiu surpreendendo e logo conquistou sua segunda quebra do jogo no primeiro game. Radwanska, porém, não aliviou, e quebrou o serviço da alemã duas vezes na sequência para abrir 3-1 a seu favor. A polonesa então venceu mais três sets na sequência - Lisicki venceu um entre eles - para fechar a parcial em 6-2 e empatar a partida em sets: 1 a 1.

Radwanska então passou a confirmar seu favoritismo em quadra. No set decisivo, abriu 2-0 com uma quebra no segundo game, após Lisicki desperdiçar o game-point de saque e depois acertar a bola na rede. Em seguida, a polonesa confirmou seu saque e ampliou para 3-0 a vantagem.

A vitória parecia estar cada vez mais próxima para Radwanska, mas Lisicki não estava entregue em quadra. Ela disparou duas confirmações de serviço e uma quebra no saque da polonesa para igualar em 3-3 no terceiro set.

O duelo seguia muito disputado. O sétimo game só foi definido no desempate, com vitória de Radwanska após a rival falhar no backhand. Lisicki virou, confirmando seu serviço e quebrando Radwanska, que errou um lob, na sequência para fazer 5-4. A polonesa voltou à frente no placar após devolver a quebra e sacar em seguida para fazer 6-5.

No 12º game, Radwanska poderia ter encerrado o jogo e avançado à decisão. Porém, Lisickivenceu o game e forçou a rival a remar um pouco mais. Mas a remada extra de nada serviu. Radwanska viu Lisicki resisitir ao seu saque no 15º game e fazer 8-7. Com isso, a alemã sacou firme e venceu o último game com uma linda paralela para avançar à decisão.

 

Sabine Lisicki ignorou o favoritismo de Agnieska Radwanska e avançou à final de Wimbledon. Nesta quinta-feira, a alemã número 24 do ranking da WTA derrotou a polonesa (4ª) por 2 sets a 1, com parciais de 6-4, 2-6 e 9-7

Se na primeira semifinal de Wimbledon Marion Bartoli sobrou em quadra contra Kirsten Flipkens, na definição da segunda finalista o equilíbrio tomou conta da arena central de Londres. Ao fim, melhor para Lisicki, que disputará o título do Grand Slam com a francesa Bartoli (15ª) neste sábado. Ou seja, a decisão do Grand Slam inglês não terá tenistas do top 10 da WTA.

- É inacreditável. Os últimos games de jogo foram excitantes. Nós estavamos lutando muito e Agnieska jogou muito bem. Não acrdedito que consegui (avançar à final) - declarou Lisicki.

A algoz de Serena Williams em Wimbledon, começou o jogo mostrando que as posições no ranking pouco influem. Após confirmações de saque das tenistas, Lisicki derrubou o serviço de Radwanska no sétimo game para fazer 4-3. Em seguida, Radwanska não conseguiu devolver a quebra e a alemã venceu o set por 6-4.

No segundo set, Lisicki seguiu surpreendendo e logo conquistou sua segunda quebra do jogo no primeiro game. Radwanska, porém, não aliviou, e quebrou o serviço da alemã duas vezes na sequência para abrir 3-1 a seu favor. A polonesa então venceu mais três sets na sequência - Lisicki venceu um entre eles - para fechar a parcial em 6-2 e empatar a partida em sets: 1 a 1.

Radwanska então passou a confirmar seu favoritismo em quadra. No set decisivo, abriu 2-0 com uma quebra no segundo game, após Lisicki desperdiçar o game-point de saque e depois acertar a bola na rede. Em seguida, a polonesa confirmou seu saque e ampliou para 3-0 a vantagem.

A vitória parecia estar cada vez mais próxima para Radwanska, mas Lisicki não estava entregue em quadra. Ela disparou duas confirmações de serviço e uma quebra no saque da polonesa para igualar em 3-3 no terceiro set.

O duelo seguia muito disputado. O sétimo game só foi definido no desempate, com vitória de Radwanska após a rival falhar no backhand. Lisicki virou, confirmando seu serviço e quebrando Radwanska, que errou um lob, na sequência para fazer 5-4. A polonesa voltou à frente no placar após devolver a quebra e sacar em seguida para fazer 6-5.

No 12º game, Radwanska poderia ter encerrado o jogo e avançado à decisão. Porém, Lisickivenceu o game e forçou a rival a remar um pouco mais. Mas a remada extra de nada serviu. Radwanska viu Lisicki resisitir ao seu saque no 15º game e fazer 8-7. Com isso, a alemã sacou firme e venceu o último game com uma linda paralela para avançar à decisão.