icons.title signature.placeholder Léo Burlá e Thiago Correia
12/07/2014
18:44

O técnico da Argentina, Alejandro Sabella, exaltou bastante a possibilidade de conquistar a Copa do Mundo no Brasil. Não pela rivalidade, mas sim por uma ligação com o país, e também pela admiração. O treinador jogou no Grêmio em 1986, ano do último título mundial de sua seleção, e foi campeão da Copa Libertadores pelo Estudiantes também em solo brasileiro. Conseguiu com o Estudiantes em Belo Horizonte, contra o Cruzeiro em 2009.

- Estar em uma final, representando o meu país, é uma das maiores satisfações em nível pessoal e profissional. Sendo ainda no país que mais tem títulos, também é um dado importante. Sempre fui um admirador e sempre respeitei o futebol brasileiro. Portanto chegar à final no Brasil é um feito que nos orgulha muito mais - disse Sabella neste sábado, durante entrevista coletiva no Maracanã.

Sabella ainda recordou de acompanhar a conquista do bi da Argentina da Copa do Mundo. O treinador lembrou que estava em pré-temporada pelo Grêmio na Serra Gaúcha.

- Esperamos que o resultado seja o mesmo, para começar. Eu trabalhava no Grêmio, não lembro se estava em Gramado ou Canela, são muitos anos...