icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/07/2013
00:34

A derrota de 1 a 0 para o Olimpia seria até considerada um resultado reversível para o Atlético-MG. Por mais que o time ainda tenha chance de mudar a situação, assim como fez diante do Newell's, o segundo gol do time paraguaio foi muito sentido pelos jogadores do Galo após o jogo. Alecsandro, que estava ao lado do goleiro Victor no momento do gol, comentou sobre o resultado, para ele, injusto fora de casa.

- No primeiro tempo não jogamos tão bem. A equipe do Olimpia colocou a gente para trás. No segundo, equilibramos, conseguimos igualar o jogo, mas o gol no final acabou sendo injusto. Talvez o placar de 1 a 1, pelas oportunidades que tivemos, seria mais justo.

MAIS:
> Galo vai a Assunção e perde primeiro jogo para o Olimpia
> Cuca perde seus dois laterais para a decisão
> Tardelli afirma que faltou ao Galo mostrar superioridade técnica

Para o atacante que substituiu Jô, o momento é ruim, mas o Atlético já conseguiu superar uma situação parecida, na semifinal.

- A derrota é muito ruim, temos que ser otimistas. Mas é uma situação até melhor (que a anterior), porque não tem o gol fora de casa. Temos que jogar para cima. É delicado, eles vão jogar pelo empate, mas temos que acreditar e ter a consciência no que deu errado e buscar o título - completou Alecsandro, sobre a possibilidade de uma prorrogação e do critério gols fora de casa, não mais aplicado na decisão da Libertadores.

Kalil e Cuca falam sobre a derrota para o Olímpia

A derrota de 1 a 0 para o Olimpia seria até considerada um resultado reversível para o Atlético-MG. Por mais que o time ainda tenha chance de mudar a situação, assim como fez diante do Newell's, o segundo gol do time paraguaio foi muito sentido pelos jogadores do Galo após o jogo. Alecsandro, que estava ao lado do goleiro Victor no momento do gol, comentou sobre o resultado, para ele, injusto fora de casa.

- No primeiro tempo não jogamos tão bem. A equipe do Olimpia colocou a gente para trás. No segundo, equilibramos, conseguimos igualar o jogo, mas o gol no final acabou sendo injusto. Talvez o placar de 1 a 1, pelas oportunidades que tivemos, seria mais justo.

MAIS:
> Galo vai a Assunção e perde primeiro jogo para o Olimpia
> Cuca perde seus dois laterais para a decisão
> Tardelli afirma que faltou ao Galo mostrar superioridade técnica

Para o atacante que substituiu Jô, o momento é ruim, mas o Atlético já conseguiu superar uma situação parecida, na semifinal.

- A derrota é muito ruim, temos que ser otimistas. Mas é uma situação até melhor (que a anterior), porque não tem o gol fora de casa. Temos que jogar para cima. É delicado, eles vão jogar pelo empate, mas temos que acreditar e ter a consciência no que deu errado e buscar o título - completou Alecsandro, sobre a possibilidade de uma prorrogação e do critério gols fora de casa, não mais aplicado na decisão da Libertadores.

Kalil e Cuca falam sobre a derrota para o Olímpia