icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2013
10:00

D'Alessandro completou cinco anos de Internacional na última terça-feira. Foi no dia 30 de julho de 2008 que o argentino chegou ao Beira-Rio para acompanhar o duelo do novo clube contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro. O Inter saiu derrotado (1 a 0), mas os colorados jamais esquecerão de tal data, assim como o apoiador, que exaltou o clube do qual hoje é ídolo.

- É muita emoção por esses cinco anos, muita coisa passa pela minha cabeça. Só tenho a agradecer. Sempre me esforcei para fazer a coisa do jeito certo, em um clube que me deu tudo e que merece mais ainda de mim, com certeza. Não pensava em ficar tanto tempo no Brasil, mas nada acontece por acaso. Achei meu lugar aqui. Vim para o clube certo, na hora certa - disse o camisa 10 e capitão colorado, em seu site oficial.

E MAIS:
> Reunião nesta quarta pode mudar decisão por torcida única no Gre-Nal
> D'Alessandro lamenta ausência das 'camisas vermelhas' no Gre-Nal

D'Alessandro conquistou a Copa Sul-Americana de 2008, a Copa Suruga de 2009, a Libertadores de 2010, a Recopa Sul-Americana de 2011 e o Campeonato Gaúcho em quatro oportunidades: 2009, 2011, 2012 e 2013. O hermano soma 221 partidas oficiais e 49 gols com a camisa do Inter. Já são 17 Gre-Nais, com seis gols. Sempre que ele marca, o Inter não sai derrotado no clássico, que acontecerá novamente neste domingo.

- Serei lembrado por títulos, não por fazer bons jogos, por ser o melhor passador ou artilheiro. Daqui a 15 ou 20 anos, vou poder falar aos meus filhos que ganhei títulos, e esse é o objetivo final. É preciso muito esforço e dedicação para chegar lá - completou D'Alessandro.

D'Alessandro completou cinco anos de Internacional na última terça-feira. Foi no dia 30 de julho de 2008 que o argentino chegou ao Beira-Rio para acompanhar o duelo do novo clube contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro. O Inter saiu derrotado (1 a 0), mas os colorados jamais esquecerão de tal data, assim como o apoiador, que exaltou o clube do qual hoje é ídolo.

- É muita emoção por esses cinco anos, muita coisa passa pela minha cabeça. Só tenho a agradecer. Sempre me esforcei para fazer a coisa do jeito certo, em um clube que me deu tudo e que merece mais ainda de mim, com certeza. Não pensava em ficar tanto tempo no Brasil, mas nada acontece por acaso. Achei meu lugar aqui. Vim para o clube certo, na hora certa - disse o camisa 10 e capitão colorado, em seu site oficial.

E MAIS:
> Reunião nesta quarta pode mudar decisão por torcida única no Gre-Nal
> D'Alessandro lamenta ausência das 'camisas vermelhas' no Gre-Nal

D'Alessandro conquistou a Copa Sul-Americana de 2008, a Copa Suruga de 2009, a Libertadores de 2010, a Recopa Sul-Americana de 2011 e o Campeonato Gaúcho em quatro oportunidades: 2009, 2011, 2012 e 2013. O hermano soma 221 partidas oficiais e 49 gols com a camisa do Inter. Já são 17 Gre-Nais, com seis gols. Sempre que ele marca, o Inter não sai derrotado no clássico, que acontecerá novamente neste domingo.

- Serei lembrado por títulos, não por fazer bons jogos, por ser o melhor passador ou artilheiro. Daqui a 15 ou 20 anos, vou poder falar aos meus filhos que ganhei títulos, e esse é o objetivo final. É preciso muito esforço e dedicação para chegar lá - completou D'Alessandro.