icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/07/2014
19:49

Prova mais tradicional do ciclismo mundial, a Volta da França começa neste sábado a sua 101ª edição com o espanhol Alberto Contador em busca do tricampeonato. Campeão em 2007 e 2009, o ciclista poderia já ter um terceiro título não fosse o caso de doping que tirou sua camisa amarela em 2010. Ele, no entanto, apresentou um discurso conservador durante entrevista coletiva nesta sexta-feira.

- Todas as edições da Volta da França são especiais, mas eu venho com serenidade após os bons resultados desde o início da temporada. Estou em boa forma e minha condição me lembra como eu estava no início da disputa em 2009. Mas não sei se a minha forma irá permitir que eu vença Chris Froome, que ganhou no ano passado com uma margem muito grande. Logicamente, ele é o favorito dessa vez. Vai ser difícil vencê-lo pois seu nível é superior ao de 2013. Mas outros ciclistas também chegam muito bem preparados. Temos três ou quatro ciclistas que podem vencer e eu sou um deles - disse Contador, que defende a equipe Tinkoff-Saxo.

Bicampeão também da Volta da Espanha, em 2008 e 2012, e vencedor do Giro d'Italia, em 2008, o espanhol faturou a Volta da França em 2010. Mas acabou testando positivo em exame antidoping. Após recorrer, acabou ficando sem o troféu após decisão da Corte Arbitral do Esporte (CAS), em 2012. O título, então, ficou com o luxemburguês Andy Schleck. Ciclista da Trek Factory Racing, ele é um dos que podem atrapalhar a vida de Contador.

Outros nomes de destaque são o britãnico Chris Froome (Team Sky), citado por Contador, o americano Christopher Horner (Lampre-Merida), campeão da Volta da Espanha, em 2013, o italiano Vincenzo Nibali (Astana Pro Team), vencedor da Volta da Espanha, em 2010, e o britânico Mark Cavendish (Omega Pharma-Quick Step), ganhador por pontos da Volta da Espanha, em 2010, da Volta da França, em 2011, e do Giro d'Italia do ano passado.

A primeira etapa da edição deste ano começará na Inglaterra. Partirá de Leeds e irá até Harrogate, em 191 quilômetros de disputa. A competição terá 21 etapas, totalizando 3.656 quilômetros. A última etapa será disputada no dia 27 de julho, na França, entre Évry e Paris.