icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2013
18:45

Com a lesão de Arouca, que sofreu um edema muscular na coxa esquerda e só deve treinar com bola a partir da próxima semana, o volante Alan Santos começa a ganhar espaço na equipe titular do Santos. Ele foi o substituto na goleada sobre a Portuguesa e deve permanecer no time para a partida contra o Coritiba, domingo, na Vila Belmiro.

Apesar da concorrência, Alan Santos elogiou Arouca, agradeceu ao técnico Claudinei Oliveira pela confiança e disse que espera ter uma boa sequência na equipe titular do Peixe para sempre ser lembrado pelo treinador.

- Arouca é um cara que eu admiro, é excepcional dentro e fora de campo, que eu me espelho e é meu amigo. Quero ter uma oportunidade, uma sequência, aproveitar essa oportunidade para ser sempre opção, agradecendo ao Claudinei por confiar no meu trabalho - afirmou Alan Santos, que também analisou a diferença que tem em relação Arouca.

- Na verdade, somos segundos volantes com características diferentes. Ele é mais baixo e rápido, enquanto eu sou mais técnico. Mas não tem diferença. Procuro manter a altura do futebol dele - disse.

Arouca sofreu a lesão durante o segundo tempo da partida diante do Crac, pela Copa do Brasil, e foi substituído justamente por Alan Santos. Outro volante lesionado é Renê Júnior, que se recupera de um problema no púbis e está em sua última semana de tratamento.

Com a lesão de Arouca, que sofreu um edema muscular na coxa esquerda e só deve treinar com bola a partir da próxima semana, o volante Alan Santos começa a ganhar espaço na equipe titular do Santos. Ele foi o substituto na goleada sobre a Portuguesa e deve permanecer no time para a partida contra o Coritiba, domingo, na Vila Belmiro.

Apesar da concorrência, Alan Santos elogiou Arouca, agradeceu ao técnico Claudinei Oliveira pela confiança e disse que espera ter uma boa sequência na equipe titular do Peixe para sempre ser lembrado pelo treinador.

- Arouca é um cara que eu admiro, é excepcional dentro e fora de campo, que eu me espelho e é meu amigo. Quero ter uma oportunidade, uma sequência, aproveitar essa oportunidade para ser sempre opção, agradecendo ao Claudinei por confiar no meu trabalho - afirmou Alan Santos, que também analisou a diferença que tem em relação Arouca.

- Na verdade, somos segundos volantes com características diferentes. Ele é mais baixo e rápido, enquanto eu sou mais técnico. Mas não tem diferença. Procuro manter a altura do futebol dele - disse.

Arouca sofreu a lesão durante o segundo tempo da partida diante do Crac, pela Copa do Brasil, e foi substituído justamente por Alan Santos. Outro volante lesionado é Renê Júnior, que se recupera de um problema no púbis e está em sua última semana de tratamento.