icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/11/2013
14:00

Clemer terá uma novidade na defesa para a partida com o Atlético-PR, neste domingo, às 19h30, na Vila Capanema. Sem Juan, machucado, o técnico dará chance para o jovem Alan, de 23 anos – mesmo com Índio recuperado de lesão. O jogador, que foi titular algumas vezes com Dunga, fala em uma oportunidade única e resgatou um entrosamento com Jackson dos tempos de time B colorado, com mais de 20 partidas juntos.

- Oportunidade da vida. Estamos trabalhando para isso, para receber isso, uma chance em clube grande como o Inter. Índio se trata de um grande jogador, pela pessoa que é e pela história. Fico feliz pela oportunidade, e hoje ele está ficando no banco, mas é um grande jogador, pode voltar a qualquer momento.

A lesão de Juan foi quase um risco calculado. Após a saída de Dunga, o técnico Clemer passou a fazer trabalhos táticos e coletivos, mais intensos. Antes, a comissão técnica optava por segurar os jogadores, justamente pelo desgaste físico do elenco, com muitos jogadores veteranos. Nas sete partidas que restam, Clemer poderá observar Alan já para a próxima temporada – mesmo que o próprio treinador não esteja confirmado.

- É uma boa dupla, a gente jogou ano passado no time B, somos bem entrosados. É a primeira oportunidade que teremos juntos no profissional. É boa para mostrar nosso trabalho, é dar continuidade até o final mudar. Independente de quem entrar, está todo mundo pronto para mostrar seu trabalho. E todo mundo treina junto. A oportunidade é dada para todos e temos que aproveitar quando aparece – disse o garoto de 23 anos.

Assim, a defesa colorada passa a ser bem mais jovem. Antes com Juan e Índio, de 34 e 38 respectivamente, passou para Jackson, de 23, e Juan. Agora, terá dois jogadores com 23 anos. O time colorado está definido com Muriel; Gabriel, Jackson, Alan e Kleber; Airton, Willians, D’Alessandro, Alex e Jorge Henrique; Scocco.