icons.title signature.placeholder Thayuan Leiras
09/07/2014
08:00

O ano de 2014 tem sido especial - e movimentado - para o São Paulo. O clube viu Carlos Miguel Aidar suceder Juvenal Juvêncio na presidência, jogadores de renome serem contratados e até o ídolo Kaká retornar após 11 anos. E o ano será coroado em dezembro com a aposentadoria de Rogério, que se depender de Alan Kardec, será acompanhada do título do Campeonato Brasileiro.

- Nós temos que fazer deste ano um ano especial conquistando títulos. Você fica marcado em uma equipe quando ganha títulos. E é claro que você tem que saber respeitar a história de cada jogador, ainda mais a do Rogério, com toda a carreira que ele construiu no São Paulo - exaltou o camisa 14, uma das contratações de peso na temporada.


No último domingo, quando Kaká foi apresentado para cerca de 25 mil pessoas no Morumbi, Rogério Ceni convidou os torcedores a fazerem festa semelhante em dezembro, mês reservado para seu adeus ao futebol. Kardec garante que a aposentadoria do capitão é um combustível para o elenco, que também se empolgou com a chegada de Kaká.

- O que ele construiu no São Paulo, dificilmente alguma outra pessoa conseguirá contruir em outra equipe. Mas é cedo para falar em despedida. Nós temos que aproveitar o momento para comemorar a chegada de outro grande ídolo e assim poder desfrutar os momentos ao lado dele - comemorou.