icons.title signature.placeholder Thiago Correia
13/06/2014
18:42

Além dos 20 mil agentes das diversas esferar da polícia do Rio de Janeiro que estarão envolvidos na "Operação Maracanã", que visa os jogos do Rio de Janeiro da Copa do Mundo, policiais estrangeiros também estarão presentes. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira no Centro Integrado de Comando e Controle, na Cidade Nova, foi confirmado que quatro argentinos vão apoiar.

- Para domingo temos confirmação apenas dos argentinos, que serão acompanhados por policiais federais desde a chegada no aeroporto e nos deslocamentos oficiais. O policial bósnio não vem para o Rio de Janeiro, mas ele compõe o centro de cooperação da polícia internacional em Brasília. Temos um representante para dar informações necessárias para torcedor que encontre ou cause algum problema - disse o delegado Alex Bersan, coordenador-adjunto de segurança em grandes eventos da Polícia Federal.

Entre outros detalhes técnicos explicados pelos representantes das outras esferas, o delegado Alex Bersan, lembrou que essa ajuda internacional também vai acontecer nas próximas partidas do Rio de Janeiro.

- Com relação aos jogos vindouros, há planejamento para receber esses policiais. Já há confirmação para policiais do Chile, assim como da França. Isso tudo vai ser acompanhado. À medida que surgirem outros confrontos, se estes países tiverem policiais das equipes móveis, também virão ao Rio de Janeiro - confirmou Bersan.