icons.title signature.placeholder David Nascimento
02/06/2014
12:01

Nesta segunda passagem pelo Flamengo, o técnico Ney Franco já disputou cinco partidas e ainda não venceu. Foram três empates e duas derrotas, dando um panorama desagradável ao Rubro-Negro. A última derrota foi na tarde deste domingo, diante do Cruzeiro, no Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia. Mesmo com isso, o comandante da equipe da Gávea afirmou estar tranquilo em relação ao cargo, não temendo uma possível demissão, por conta de ainda não ter tido tempo para treinar.

- Não existe ameaça nenhuma. Cheguei no trabalho agora e não tive tempo para treinar, peguei uma sequência de jogo quarta, domingo, quarta, domingo. Peguei uma equipe com vários jogadores voltando de lesões musculares. Cheguei em um momento muito delicado e ainda bem que não temos ainda aquela parte do campeonato que teremos uma maior sequência de jogos - afirmou o treinador, que ainda comentou se o Flamengo será candidato ao rebaixamento no Campeonato Brasileiro:

E MAIS!
> Wallim Vasconcellos entrega o cargo de vice de futebol do Flamengo
> Em nota, Flamengo afirma que saída de Wallim foi por 'compromissos profissionais'

L!TV:
> Cruzeiro envolve o Flamengo e goleia por 3 a 0
> Felipe Ximenes perde a linha após vexame do Flamengo
> Wallim revela que estaria frito se fosse o presidente do Flamengo

- Não falo candidato (ao rebaixamento). Acho que a parada dará uma sustentação ao trabalho e nossa equipe voltará mais forte. A coisa que está mais me preocupando no Flamengo neste momento é o desempenho físico da equipe. Para você ter ideia nós não conseguimos recuperar os jogadores do jogo de quinta-feira para este domingo, coisa que é muito natural em qualquer equipe grande. Nesse jogo, com 30 minutos, já tivemos uma queda muito grande na parte física.

Jogadores quebram orientação da diretoria e falam após vexame