icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena
06/04/2014
11:00

O meia-atacante Serginho tem menos de dois meses para convencer a diretoria do Palmeiras a mantê-lo no clube. Emprestado pelo Oeste até 31 de maio e ainda sem ser procurado para renovar, ele pensa em se firmar na lateral direita.

- Pode me ajudar. O Wendel é mais de marcação e eu sou mais ofensivo. Pode ser uma forma de ter um esquema tático diferente, pode ser que dê certo - analisou.

O jogador começou a temporada como titular, justamente pela direita, mas depois perdeu espaço. Antes de entrar no intervalo e ter boa atuação contra o Vilhena, quarta passada, ele ficou oito jogos sem atuar.

Para contratá-lo em definitivo, o Palmeiras precisa pagar um valor pré-estipulado à equipe do interior.

- Pelo que fiz, mereço ficar. Fiz gols, entrava pouco, mas estava sempre comparecendo e ajudando a equipe. Mo meu conceito, fiz o melhor. Mas não vou falar, vou fazer.