icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/03/2014
12:09

Em campo, Alan Kardec vive grande fase e na quinta chegou ao seu nono gol no Paulistão, tornando-se o principal candidato à artilharia do torneio. Com contrato até junho no Palmeiras, o atacante já negocia com o clube pela sua permanência, mas não se animou com a primeira oferta salarial feita pelo Verdão. Após a partida contra o Bragantino, o camisa 14 evitou detalhes, só que espera dar uma boa notícia "no momento certo".

- Se disser que não (está ansioso), estarei mentindo, ainda mais tratando-se da minha vida. Gera um pouco de ansiedade, mas tento me manter tranquilo, e no momento certo estaremos dando uma boa notícia. É uma questão de tempo também, então temos que manter os pés no chão, mesmo porque não gosto de falar muito. Sou muito reservado. Estamos trabalhando para chegar a um acordo o mais rápido possível - disse.

O presidente Paulo Nobre tem até o último dia de maio, daqui a pouco mais de dois meses, para exercer o direito de preferência pela compra do jogador de 25 anos. O preço definido é de 4 milhões de euros (cerca de R$ 13 milhões) e o atleta tem interesse de ficar, mas o valor fixo oferecido pela diretoria desagradou ao atleta e seu estafe.

Por enquanto, Kardec prefere falar pouco sobre o assunto, e diz que tenta se envolver o mínimo neste momento das conversas para que seu rendimento não seja afetado. Resumidamente, o atacante apenas avisou que espera novidades em breve.

- Minha vontade é permanecer, a vontade das partes é que eu permaneça, mas tem que ter calma. Não gosto de falar abertamente sobre isso. O que posso falar é que a minha vontade é permanecer e em breve teremos novidades - encerrou um dos destaques do Verdão no Estadual.

 Confira os gols do artilheiro Alan Kardec no Paulistão