icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/04/2014
09:42

A ex-ginasta Laís Souza, paralisada desde um acidente sofrido durante um treino de esqui, ao se chocar com uma árvore e sofrer um trauma na terceira vértebra cervical, mostrou que o tratamento da lesão nos Estados Unidos vem surtindo efeito. A atleta enviou um vídeo ao Fantástico, exibido na noite de ontem, onde diz ter conseguido "um pouquinho a mais" e, então, movimenta o seu braço direito.

- Oi, Tadeu, seu lindo, tudo bem? Lembra que te falei do pouquinho a mais? Está aqui, ó. Feliz Páscoa para você. Beijos - declarou Lais ao apresentador do programa, Tadeu Schimidt.

O acidente da atleta foi no dia 27 de janeiro e, desde março, ela segue na unidade de reabilitação de lesões medulares em um hospital de Miami. Nas últimas semanas, Laís passou a fazer passeios nos Estados Unidos, até mesmo assistindo a um jogo de basquete. Anteriormente, também em entrevista ao Fantástico, Laís mostrou que a vontade é o que está fazendo a diferença no tratamento.

- Tenho momentos de tristeza, encaro, choro. Nem sempre sou forte. Choro bastante. Isso dá energia. Pensar relfetir... é uma punhalada que você leva para continuar. Todo dia, quando deito na minha cama, eu peço: quero andar – afirmou.

Laís vem sendo acompanhada de perto pela fisioterapeuta do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) e da CBDN (Confederação Brasileira de Desportos na Neve), Denise Lessio e, desde o início do mês, já recuperava-se, sentindo os estímulos dos médicos.