icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2013
19:41

Pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, os xarás Atlético-MG e Atlético-PR irão se enfrentar nesta quarta-feira, às 19h30, no Independência. Enquanto o Furacão quer sair de perto da zona de rebaixamento, o Galo quer voltar a vencer na competição, após perder para o rival Cruzeiro na última rodada.

Porém, se o clima no Atlético-PR é de mistério na escalação, o técnico do Galo, Cuca, não deve fugir da formação com titulares. O único desfalque deve ser mesmo Leandro Donizete, que não joga há mais de um mês. Força total do Atlético-MG diante do time de Curitiba se dará um dia antes de mais uma festa da Libertadores. Na quinta, os jogadores do Galo encontraram a Praça Sete (ponto central de BH) lotada de torcedores do clube para festejar a Libertadores.

DE OLHO NO ATLÉTICO-MG

O técnico Cuca fez mais um trabalho técnico na tarde desta terça-feira, na Cidade do Galo e, mesmo não contando com Ronaldinho Gaúcho (gripado), poderá repetir a base do time que venceu o Olimpia no Mineirão, na final da Liberta. A grande diferença é que Marcos Rocha recupera a vaga de lateral-direito (estava suspenso na decisão) e Junior Cesar continuará na lateral (posição recuperada contra Richarlyson).

O Galo está na 13ª colocação, com 10 pontos, mas um jogo a menos (contra a Ponte). Caso perca para o Furacão, corre o risco de voltar para a zona de rebaixamento. Apesar do clima ser de euforia por conta da Libertadores, os jogadores sabem que é importante, também, focar no Brasileirão.

- Ganhar a Libertadores foi bom, mas já passou, tem de voltar a ganhar no Brasileiro, todo jogador quer conquistar o título das competições que disputa, o pensamento é este, tem de voltar a vencer - afirmou o atacante Jô.

A partida de quarta pode significar na despedida de Bernard do clube. O jogador não quer ir para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, clube que foi, até o momento, quem conseguiu apresentar uma proposta aceitada pela diretoria alvinegra. Mas o Porto, se chegar a um denominador comum com Kalil, seria o destino mais querido pelo armador.

DE OLHO NO ATLÉTICO-PR

Após a vitória de virada dramática contra a Portuguesa, conquistada nos minutos finais, por 3 a 2, no Canindé, O Atlético-PR chega embalado para enfrentar o xará de Minas e espantar, mais uma vez, o fantasma do rebaixamento. O Rubro-Negro está a apenas um ponto da zona da degola, e não quer voltar para a situação incômoda na tabela.

O treinador Vagner Mancini ainda não decidiu a equipe que jogará no embate atleticano desta quarta-feira. Tudo depende do fato de o Galo mandar, ou não, seus titulares a campo no Independência, já que a ressaca por conta da conquista da Libertadores não se esgotará tão cedo.

O comandante do Furacão tem dúvidas no meio e na linha de frente da equipe. Paulo Baier apenas correu em volta do campo, e é não viajou com o grupo para Belo Horizonte. Para o seu lugar, Everton está recuperado e deve fazer parte da criação ao lado de Zezinho. No ataque, Dellatorre - que entrou bem e, inclusive, fez um dos gols contra a Lusa - disputa vaga com Éderson, para ver quem atuará ao lado de Marcelo.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X ATLÉTICO-PR

Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Data/Hora: 31/7/2013 - 19h30
Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP)
Auxiliares: Alberto Poletto (SP) e Vanderson Antônio Zenotti (ES)

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Junior Cesar; Pierre e Josué; Diego Tardelli, Ronaldinho Gaúcho e Bernard; Jô. Técnico: Cuca
 
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Bruno Silva, Juninho, Everton e Zezinho; Marcelo e Dellatorre (Éderson) T: Vagner Mancini


Pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, os xarás Atlético-MG e Atlético-PR irão se enfrentar nesta quarta-feira, às 19h30, no Independência. Enquanto o Furacão quer sair de perto da zona de rebaixamento, o Galo quer voltar a vencer na competição, após perder para o rival Cruzeiro na última rodada.

Porém, se o clima no Atlético-PR é de mistério na escalação, o técnico do Galo, Cuca, não deve fugir da formação com titulares. O único desfalque deve ser mesmo Leandro Donizete, que não joga há mais de um mês. Força total do Atlético-MG diante do time de Curitiba se dará um dia antes de mais uma festa da Libertadores. Na quinta, os jogadores do Galo encontraram a Praça Sete (ponto central de BH) lotada de torcedores do clube para festejar a Libertadores.

DE OLHO NO ATLÉTICO-MG

O técnico Cuca fez mais um trabalho técnico na tarde desta terça-feira, na Cidade do Galo e, mesmo não contando com Ronaldinho Gaúcho (gripado), poderá repetir a base do time que venceu o Olimpia no Mineirão, na final da Liberta. A grande diferença é que Marcos Rocha recupera a vaga de lateral-direito (estava suspenso na decisão) e Junior Cesar continuará na lateral (posição recuperada contra Richarlyson).

O Galo está na 13ª colocação, com 10 pontos, mas um jogo a menos (contra a Ponte). Caso perca para o Furacão, corre o risco de voltar para a zona de rebaixamento. Apesar do clima ser de euforia por conta da Libertadores, os jogadores sabem que é importante, também, focar no Brasileirão.

- Ganhar a Libertadores foi bom, mas já passou, tem de voltar a ganhar no Brasileiro, todo jogador quer conquistar o título das competições que disputa, o pensamento é este, tem de voltar a vencer - afirmou o atacante Jô.

A partida de quarta pode significar na despedida de Bernard do clube. O jogador não quer ir para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, clube que foi, até o momento, quem conseguiu apresentar uma proposta aceitada pela diretoria alvinegra. Mas o Porto, se chegar a um denominador comum com Kalil, seria o destino mais querido pelo armador.

DE OLHO NO ATLÉTICO-PR

Após a vitória de virada dramática contra a Portuguesa, conquistada nos minutos finais, por 3 a 2, no Canindé, O Atlético-PR chega embalado para enfrentar o xará de Minas e espantar, mais uma vez, o fantasma do rebaixamento. O Rubro-Negro está a apenas um ponto da zona da degola, e não quer voltar para a situação incômoda na tabela.

O treinador Vagner Mancini ainda não decidiu a equipe que jogará no embate atleticano desta quarta-feira. Tudo depende do fato de o Galo mandar, ou não, seus titulares a campo no Independência, já que a ressaca por conta da conquista da Libertadores não se esgotará tão cedo.

O comandante do Furacão tem dúvidas no meio e na linha de frente da equipe. Paulo Baier apenas correu em volta do campo, e é não viajou com o grupo para Belo Horizonte. Para o seu lugar, Everton está recuperado e deve fazer parte da criação ao lado de Zezinho. No ataque, Dellatorre - que entrou bem e, inclusive, fez um dos gols contra a Lusa - disputa vaga com Éderson, para ver quem atuará ao lado de Marcelo.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X ATLÉTICO-PR

Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Data/Hora: 31/7/2013 - 19h30
Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP)
Auxiliares: Alberto Poletto (SP) e Vanderson Antônio Zenotti (ES)

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Junior Cesar; Pierre e Josué; Diego Tardelli, Ronaldinho Gaúcho e Bernard; Jô. Técnico: Cuca
 
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Bruno Silva, Juninho, Everton e Zezinho; Marcelo e Dellatorre (Éderson) T: Vagner Mancini