icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
12/11/2014
11:51

Ídolo do São Paulo, o goleiro Rogério Ceni está perto de pendurar as chuteiras. O jogador já revelou que vai se aposentar no fim desta temporada. O presidente do Tricolor paulista, Carlos Miguel Aidar, afirmou que nunca viu um jogador como o goleiro no clube e também garantiu que o seu substituto será Denis, que atualmente está na reserva da equipe.

- Perda irreparável. Nunca vi, e eu acompanho o São Paulo há 60 anos, nenhum jogador como Rogério. Recordista, referência, líder. Mas a minha preocupação é o futuro, com o Denis. Este será o substituto. Nada que se fale é verdade. Não tem Jefferson, Cavalieri, qualquer um. Não procede. O goleiro é o Denis e ele sofrerá no começo pois a sombra do Ceni estará pairando no Morumbi. A torcida terá de ajudá-lo para que realmente se firme como o grande titular – disse o presidente tricolor à ESPN Brasil.

Aidar vê o goleiro com perfil para ser técnico no futuro. Porém, descartou a possibilidade do ídolo assumir o time do São Paulo assim que se aposentar. O mandatário revelou que Ceni ainda vai se especializar nos EUA e na Europa.

- Depende da vontade do Rogério. Já conversei com ele sobre isso. Ele quer passar um tempo na Flórida aperfeiçoando o inglês e o espanhol. Depois, quando acabar o inverno na Europa, quer estagiar em clubes europeus com treinadores e gestores. Talvez volte ao Brasil em 2016 com uma cabeça mais definida e formada para talvez ser treinador. Perfil eu enxergo pois ele comenta o jogo, diz o que faltou. Isso é uma tendência ele ser técnico. Mas não tem lugar garantido como treinador do São Paulo logo de cara. Isso de estrear em time de ponta é difícil. Ceni poderia quando retornar ao Brasil vir para o São Paulo e começar a encontrar um espaço, pois as portas do nosso clube estarão abertas. Mas ele precisa conquistar isso. Não vai chegar e impor o seu nome – concluiu Aidar.