icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/07/2014
18:59

O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, veio a público para negar a informação divulgada pelo ex-jogador Neto nesta quarta-feira, na TV Bandeirantes, de que o clube estaria devendo salários de direitos de imagem aos seus atletas. Mostrando certa irritação com o apresentador, apesar de não citar seu nome, Aidar, porém, admitiu que um são-paulino não está com os vencimentos em dia.

Segundo o mandatário, um erro do clube acabou gerando a não quitação do valor referente ao direito de imagem deste atleta, que ele não quis divulgar o nome. O dirigente garantiu que não há pendências com os demais.

- Essa notícia é de um descabimento sem tamanho. Sei a origem, não vou polemizar com quem fez isso, sei porque ele fez isso, é hoje um jornalista, ex-atleta. De fato, um jogador escapou, realmente ficou atrasado, porque tinha um pagamento trimestreal, foi por um erro nosso - afirmou Aidar, em entrevista à Rádio Globo.

- Fico muito preocupado de um sujeito usar um blog, rádio, microfone, para fazer notícia desse tipo. Nego, não procede, quando soube dessa notícia chamei meu diretor financeiro no meu gabinete. ele me trouxe todos os documentos aqui - completou o dirigente.

Aidar, em seguida, disse que o erro no pagamento de um atleta ocorreu por seu salário de direito de imagem ser diferente dos demais e prometeu quitar o valor ainda nesta quinta-feira.

- Todos eles têm recebimentos mensais, e um deles tem um contrato que prevê adicional a cada três meses. Mas amanhã (quinta-feira) vai ser pago - disse o presidente.

O São Paulo tem até o próximo dia 30 para quitar o mês de julho no que se refere a imagem. Os vencimentos que estariam atrasados seriam referentes aos mês de maio e junho.