icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/04/2014
20:54

Se preferiu não se manifestar sobre as acusações de Paulo Nobre sobre as negociações com Alan Kardec nesta segunda-feira, Carlos Miguel Aidar marcou pronunciamento para explicar o caso nesta terça. Às 10h, o presidente do São Paulo comparecerá ao Morumbi para conversar com a imprensa e responder às acusações.

O mandatário palmeirense se pronunciou na tarde desta segunda-feira e logo anunciou a saída do centroavante para o rival tricolor. Irritado, Nobre afirmou que os dirigentes do São Paulo não tiveram ética e que foram sorrateiros ao atravessarem as conversas do Verdão com o Benfica (POR), detentor dos direitos de Kardec.

Envolvidos em reunião de posse da nova diretoria, os dirigentes tricolores não se pronunciaram sobre o ataque alviverde. Embora Nobre tenha dito que tudo já está certo entre São Paulo e Alan Kardec, dentro do clube do Morumbi não há pressa para sacramentar a contratação do centroavante, que assinará contrato de cinco anos para receber R$ 300 mil mensais.