icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/04/2014
15:22

Candidato da situação à presidência do São Paulo, Carlos Miguel Aidar enviou nesta sexta-feira uma carta aberta aos torcedores do clube. Neste sábado, os sócios do Tricolor irão eleger 80 novos conselheiros, que serão os responsáveis por votar na eleição presidencial. No próximo dia 16, Aidar enfrentará Kalil Rocha Abdalla, líder da oposição, para ocupar o posto deixado por Juvenal Juvêncio após oito anos.

Confira a íntegra da carta enviada por Carlos Miguel Aidar:

"Gostaria de compartilhar um sentimento que pude captar em nossa militância, que é o de poder continuar o processo de modernização do clube e a construção de um novo ciclo de desenvolvimento. Tudo será profissionalizado. Precisamos e vamos mudar o São Paulo Futebol Clube para colocá-lo à altura de nossos grandes desafios.

Com a colaboração de todos os são-paulinos, vou trabalhar incansavelmente para implantar o projeto da cobertura de nosso estádio. O estacionamento para 2.000 vagas trará segurança aos sócios do clube. Já a “arena” multiuso climatizada para 28 mil lugares será fantástica, além de gerar muitas receitas para o São Paulo Futebol Clube.

Vamos trabalhar para retomar fortemente nossa liderança no futebol brasileiro, qualificar as alianças, dar equilíbrio entre as forças políticas dentro do clube e valorizar nossa capacidade de revelar jogadores.

Com apenas 37 anos, comandamos o tricolor mais querido entre 1985 e 1987. Inauguramos o CCT da Barra Funda, uma inovação na época. Conquistamos títulos importantes como os Campeonatos Paulistas de 1985 e 1987 e o Brasileiro de 1986. O primeiro, conquistado sob o comando de meu pai, Henri Couri Aidar, em 1977, me ajudou a aprender muitas coisas, principalmente como se impor como o clube mais importante e moderno do País. Hoje sou mais experiente e preparado para comandar. O que sinto está expresso em nosso hino, pois tive o privilégio de ajudar a construir as glórias que vêm do passado.

Quero títulos, e o torcedor também. Já temos uma equipe base para o Campeonato Brasileiro. Mas isso não é o suficiente. É preciso voltar a ter um time campeão. Reforçaremos o elenco, contratando jogadores indicados pela comissão técnica que venham para ser a “solução”.

É importante que nosso time tenha atletas com esse perfil, que venham com vontade, que entrem no time e assumam: “Este lugar é meu, daqui ninguém me tira”. Que vistam nosso manto, assim como nosso torcedor vibra na arquibancada.

Agradeço a confiança, as inúmeras manifestações de carinho, além do trabalho e lealdade de todos que me ajudaram. O São Paulo Futebol Clube voltará a liderar o futebol brasileiro, porque “dentre os grandes és o primeiro”, e será eternamente!"