icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/07/2014
11:33

Vinte pessoas foram denunciadas na Áustria pelas agressões contra os jogadores do Maccabi Haifa, ocorridas na última quarta-feira durante um amistoso contra o Lille. Os agressores invadiram o campo de jogo no fim do amistoso e atacaram os atletas da equipe israelense.

A unidade antiterrorista da polícia austríaca identificou os agressores e os denunciou à procuradoria de Salzburg, onde se disputou o amistoso. Os invasores são de origem turca, informou a emissora de TV ORF.

Já enquanto a bola estava rolando, era possível escutar gritos contra Israel e frases como "assassinos de crianças". A comunidade judaica em Viena criticou duramente o fato de que nenhuma providência tenha sido tomada durante a partida, e que nenhum dos agressores tenham sido presos.

Por causa do incidente, um outro amistoso do Maccabi Haifa foi cancelado. A equipe enfrentaria neste sábado o clube alemão Paderborn.