icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/04/2014
15:04

Com a carreira interrompida depois de levar um tiro na cabeça, Salvador Cabañas retorna ao mundo da bola no futebol brasileiro. Contratado pelo Tanabi, time da quarta divisão de São Paulo, o jogador chega ao interior paulista com a ideia de se recuperar e voltar a defender as cores da seleção paraguaia.  

Em entrevista ao programa Donos da Bola da Rede Bandeirantes, o atleta se mostrou confiante e foi categórico quanto aos problemas da seleção de seu país.

- O problema é que falta um líder para essa seleção, dentro e fora de campo. Se eu estivesse na Seleção, o Paraguai estaria na Copa do Mundo. Quero seguir fazendo história. Vou tentar e vou fazer. Estou 100%. Primeiro quero fazer história no atual clube e depois ir para a seleção do Paraguai - disse o jogador.

A bala ainda permanece alojada em sua cabeça. Segundo ele, retirá-la é bastante perigoso. Por isso, faz do apoio dos torcedores sua maior motivação para continuar jogando.

Quando questionado sobre do que mais sente saudades, ele não esconde.

- Vou voltar a fazer um gol e vou dançar na comemoração - brincou o paraguaio.