icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/12/2013
11:26

A polêmica envolvendo o pai de Messi e uma possível ligação com o narcotráfico já está praticamente descartada. Nesta segunda-feira, o jornal "El Mundo" divulgou que Jorge Messi seria o responsável pela lavagem de dinheiro relacionado a drogas que viria de uma empresa colombiana. Mas de acordo com a agência EFE e fontes da Unidada Central Operacional (UCO), o agente do craque é inocente.

Tudo aconteceu após algumas denúncias de que os amistoso dos "Amigos de Messi", controlado pela empresa colombiana, teria uma ligação direta com tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, e que o pai do craque até receberia um comissão para fazer isso.

Nas últimas semanas, agentes da Guarda Civil e da UCO estiveram na concentração do Barcelona e interrogaram jogadores como o próprio Messi, Daniel Alves, Mascherano e Pinto, mas a conclusão foi de que não há relação mais direta de nenhum deles.

Messi e o seu pai já estiveram envolvidos em outro polêmica neste ano. Foram acusados de sonegar alguns impostos na Espanha e tiveram que pagar uma quantia considerável à Fazendo do país.