icons.title signature.placeholder Enrico Bruno e Thiago Fernandes
21/06/2014
08:04

O torcedor do Atlético-MG alimenta esperança da permanência de Otamendi até dezembro devido ao fato de o zagueiro ainda não ter conseguido o passaporte europeu, segundo o jornal A Bola, de Portugal. Os agentes do jogador, no entanto, negam a possibilidade de manutenção na Cidade do Galo e garantem que ele se apresentará ao Valencia (ESP), detentor de seus direitos.

A carreira do argentino é gerenciada pelo lusitano Jorge Mendes, proprietário da GestiFute. Representante da empresa na América do Sul, o ex-jogador Deco descarta a volta do defensor ao Alvinegro, em entrevista ao LANCE!Net.

– O Otamendi vai se apresentar ao Valencia. Não tem possibilidade de ele retornar ao Atlético agora. O Valencia detém os direitos do jogador e um novo treinador deve assumir em breve o comando do time. Ainda não sabemos quais serão os planos do técnico – disse o ex-atleta, que ainda completou:

– Ninguém do Atlético nos procurou para tratar de um retorno do jogador.

A utilização de Otamendi no Valencia é incerta por dois motivos. O primeiro é o fato de o atleta ter direito à cidadania italiana, mas ainda não ter conseguido o passaporte do país, já que o processo de obtenção não se encerrou. O clube espanhol tem três atletas extra-comunitários em seu elenco: o meia argentino Rodrigo de Paulo e os atacantes brasileiros Jonas e Vinícius Araújo.

A iminente saída de Juan Antonio Pizzi do comando técnico também é um fator negativo. O treinador argentino foi o responsável por indicar o defensor à diretoria do Valencia (ESP). O seu aproveitamento, portanto, não é assegurado pelo provável substituto.

A diretoria do Galo evita o assunto, mas nos bastidores do clube há uma corrente que crê em na permanência do jogador. Os membros da cúpula acompanham o elenco em excursão na China, onde o time fará três amistosos, enquanto o presidente Alexandre Kalil está na Europa para a resolução de problemas envolvendo a agremiação.