icons.title signature.placeholder Thiago Fernandes
21/06/2014
16:26

A permanência de Willian no Cruzeiro está próxima de se sacramentar. A inclusão do jogador na lista de relacionados para a excursão aos Estados Unidos é apenas um indício de sua manutenção na Toca da Raposa. Responsável por alinhavar o acordo entre brasileiros e Metalist Kharkiv, detentor dos direitos do atleta, o empresário Eduardo Uram segue confiante em um desfecho positivo.

– Está tudo muito bem encaminhado. Eu sempre estive confiante nesta negociação. Se fosse algo muito complicado de resolver, ele não viajaria aos Estados Unidos com o elenco do Cruzeiro – disse, ao LANCE!Net.

Embora a confiança dite a tônica das conversas, o agente do jogador evita estipular um prazo. A única certeza é que a negociação será finalizada até 14 de julho, quando o vínculo de empréstimo do atleta com a agremiação se encerra.

O compromisso de Willian com o Cruzeiro prevê a compra dos direitos econômicos por € 4 milhões (equivalente a R$ 12,4 milhões). A diretoria celeste tenta o parcelamento deste valor, o que agrada Jader Brazeiro, representante do Metalist no Brasil.

A expectativa, portanto, é que o atleta siga na Toca da Raposa 2 ao término da Copa do Mundo. Alheio a tudo isso, ele segue como titular da equipe comandada por Marcelo Oliveira. Neste domingo, inclusive, ele enfrentará o Miami Dade (EUA), às 16h (horário de Brasília), no Bowditch Field Stadium, em Framingham.