icons.title signature.placeholder João Matheus Ferreira
27/03/2014
08:15

Resende e Vasco não vão precisar mexer no bolso para o jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil, quinta-feira que vem, na Arena Amazônia, em Manaus. Para levar a partida para a cidade, o consórcio que administra o estádio fechou uma parceria com a agência de viagens Tucunaré Turismo, que vai pagar passagem, hospedagem e despesas gerais das duas equipes.

O convite foi feito pela Unidade Gestora do Projeto Copa ao Resende ainda em fevereiro, mas a negociação teve desfecho apenas no último sábado, quando foi assinado o contrato de mudança de local, já que antes a partida seria no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. A agência de viagens esteve acompanhando de perto as tratativas.

A divisão da renda (veja na página) também será favorável aos dois clubes. Afinal, se o jogo fosse na região Sul-Fluminense, a estimativa de público não seria alta. Em Manaus, todavia, será o terceiro evento-teste para a Copa do Mundo, mas o primeiro com capacidade total liberada. A expectativa é de casa cheia. Sendo assim, a renda também será boa.

Como o Cruz-Maltino tem muitos torcedores na capital amazonense, o presidente Roberto Dinamite demonstrou satisfação pelo jogo contra o Resende ser em Manaus.

- É sempre muito emocionante desembarcar com o Vasco em Manaus, o carinho e apoio incondicional da nossa torcida sempre mexe com os jogadores. Foi assim no ano passado quando enfrentamos o Nacional. Tenho certeza que não será diferente desta vez - disse mandatário, ao site oficial do Vasco.

Procurada pela reportagem, a diretoria do Resende não quis se pronunciar sobre o assunto.

DETALHES DO JOGO

Convite e negociação
Ainda em fevereiro, a UGP-Copa, administradora da Arena, fez um convite para o jogo ser em Manaus.

Viagens e hospedagens
Para os clubes aceitarem, a agência de viagens Tucunaré Turismo vai pagar a passagem e a hospedagem tanto do Resende quanto do Vasco.

Divisão da renda
A renda bruta (com taxas) será 10% para a Ferj, 5% para a Federação Amazonense, 5% de INSS, 5% para a Prefeitura e 10% para a administração do estádio. Já a renda líquida (sem taxas) será toda do Resende caso tenha jogo da volta. Se não tiver, o clube terá 40% e o resto será do Vasco.

INGRESSOS

Anel Inferior - R$ 100,00 (R$ 50,00 meia)
Anel Inferior Vip - R$ 140,00 (R$ 70,00 meia)
Anel Superior - R$ 60,00 (R$ 30,00 meia)

*Vendas através do site: www.guicheweb.com.br