icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/07/2013
18:24

Uma notícia veiculada por um site americano na última segunda-feira provocou dimensões enormes aos insistentes boatos sobre uma teoria da conspiração na qual Anderson Silva teria "entregado" a luta contra Chris Weidman no UFC 162, onde acabou nocauteado no segundo round. O rumor divulgado pelo site MiddleEasy.com dava conta de que uma aposta no valor de U$S 1 milhão de dólares na derrota de Spider estaria sendo investigada pela polícia americana. Na tarde desta quinta-feira, o site MMA Fighting divulgou uma entrevista com um membro da Gaming Control, que investiga os casos de apostas, e derrubou qualquer veracidade quanto a existência da tal aposta.

O chefe de aplicação da Nevada Gaming Control, Jerry Markling, declarou que não pode dar informações quanto a investigações, mas que garante não ter qualquer indício de que existiu uma aposta no valor de U$S 1 milhão na vitória de Chris Weidman na disputa de cinturão do UFC 162.

- Enquanto eu não posso dar-lhe informações específicas sobre as investigações em curso, posso dizer-lhe que o Gaming Control Board não está investigando qualquer disputa envolvendo UFC 162 e uma aposta desse valor. Além disso, não temos qualquer informação de qualquer livro ter aceitado a aposta desse tamanho nesse evento - revelou.

Chris Weidman é o novo campeão da categoria dos médios do UFC (FOTO: Getty Images)

Diversas teorias da conspiração têm movimentado o mundo das lutas entre fãs decepcionados pelo revés do brasileiro no combate diante de Chris Weidman. Anderson Silva foi nocauteado pelo americano no segundo round da luta principal do UFC 162 e ainda não se pronunciou sobre seu futuro.

Uma notícia veiculada por um site americano na última segunda-feira provocou dimensões enormes aos insistentes boatos sobre uma teoria da conspiração na qual Anderson Silva teria "entregado" a luta contra Chris Weidman no UFC 162, onde acabou nocauteado no segundo round. O rumor divulgado pelo site MiddleEasy.com dava conta de que uma aposta no valor de U$S 1 milhão de dólares na derrota de Spider estaria sendo investigada pela polícia americana. Na tarde desta quinta-feira, o site MMA Fighting divulgou uma entrevista com um membro da Gaming Control, que investiga os casos de apostas, e derrubou qualquer veracidade quanto a existência da tal aposta.

O chefe de aplicação da Nevada Gaming Control, Jerry Markling, declarou que não pode dar informações quanto a investigações, mas que garante não ter qualquer indício de que existiu uma aposta no valor de U$S 1 milhão na vitória de Chris Weidman na disputa de cinturão do UFC 162.

- Enquanto eu não posso dar-lhe informações específicas sobre as investigações em curso, posso dizer-lhe que o Gaming Control Board não está investigando qualquer disputa envolvendo UFC 162 e uma aposta desse valor. Além disso, não temos qualquer informação de qualquer livro ter aceitado a aposta desse tamanho nesse evento - revelou.

Chris Weidman é o novo campeão da categoria dos médios do UFC (FOTO: Getty Images)

Diversas teorias da conspiração têm movimentado o mundo das lutas entre fãs decepcionados pelo revés do brasileiro no combate diante de Chris Weidman. Anderson Silva foi nocauteado pelo americano no segundo round da luta principal do UFC 162 e ainda não se pronunciou sobre seu futuro.