icons.title signature.placeholder Carlos Antunes e Jonas Moura
13/02/2015
16:05

Em 2014, Rafael Nadal veio ao Rio de Janeiro para atuar no Aberto do Rio e confirmou o favoritismo com o título sobre o ucraniano Alexandr Dogolpolov. Agora, de novo na Cidade Maravilhosa, para defender sua coroa no torneio que começa nesta segunda-feira, o espanhol não vai perder a oportunidade de participar do carnaval carioca, que começa neste fim de semana. O número três do mundo vai desfilar na Viradouro, neste domingo, ao lado de Gustavo Kuerten e David Ferrer.

Em coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira, Nadal foi questionado se essa atividade não vai prejudicá-lo durante a competição, quando tem estreia marcada para terça-feira. Apesar de vir de um final de 2014 com lesões, o "Toro Miúra" não acredita que o desfile vá deixá-lo em más condições para entrar em quadra.

- Venho de derrota no Aberto da Austrália, ninguém gosta de perder. Venho de lesões, mas estamos no Carnaval. Não creio que desfilar me afetará nem para bem nem para mal. É uma oportunidade - disse o espanhol nove vezes campeão de Roland Garros.

Se na primeira passagem pelo Rio, Nadal conheceu o Maracanã e entrou em campo antes de um Flamengo e Vasco, em partida válida pelo Campeonato Carioca, agora a chance de estar presente na maior festa popular do mundo lhe deixa muito empolgado.

- O carnaval é um dos momentos mais especiais do mundo. Será um prazer estar aqui, desfilar aqui. Será certamente divertido - completou.