icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
11/06/2014
14:16

A Associação de Futebol Argentina (AFA) pediu que o Ministério da Segurança da Nação faça a intermediação com a Polícia Federal da Argentina para que 330 convidados vips sejam acompanhados a partir deste domingo no Rio de Janeiro - seleção estreia neste dia contra a Bósnia, às 19h, no Maracanã.

Trata-se de 150 familiares dos 23 jogadores que estão concentrados na Cidade do Galo, em Belo Horizonte, além de 180 autoridades ligadas ao futebol e à política, todos convidados pela organização responsável pelo futebol argentino. O objetivo é que a Polícia Federal do Brasil ajude na segurança desses convidados, que utilizarão dez ônibus para deslocamentos na Cidade Maravilhosa.

Há uma expectativa enorme para que isso dê certo. De acordo com o jornal La Nacion, de Buenos Aires, a operação entre as polícias federais dos dois países no caso do barrabravas, que estão sendo deportados à medida que chegam nos aeroportos brasileiros, é um indício de que essa colaboração aos 330 vips acontecerá na prática.