icons.title signature.placeholder Caio Carrieri
12/06/2014
10:09

O Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza (CE), tenta esconder de quem passa pelo saguão principal a obra incabada e paralisada de ampliação do seu terminal. Uma estrutura de concreto e ferro com aspecto de abandono está atrás de tapumes de madeira, posicionados em frente a um vidro que seria para dar visão do lado de fora. 

A área maquiada fica bem próxima aos guichês de check-in das principais companhias aéreas que operam no local.

Na noite desta quinta-feira, as seleções do Uruguai e da Costa Rica desembarcarão na capital cearense, onde estreiam na Copa do Mundo às 16h do próximo sábado, em confronto válido pelo Grupo D. Por determinação da Fifa, as delegações desembarcarão pela pista e seguirão para os seus respectivos hotéis.

As tarefas no aeroporto tiveram início em maio de 2012, mas a construção foi interrompida no começo do mês passado com apenas de 16% de conclusão, gastando cerca de R$ 60 milhões dos R$ 405 milhões do valor contratado. A Infraero rompeu o vínculo com o consórcio até então responsável, alegando baixa execução do serviço. No entanto, operários já haviam feito diversas greves no período para pedir melhores condições de trabalho e remuneração.

Tapumes fazem maquiagem de obra inacaba (Foto: Caio Carrieri)

A maneira encontrada pela Infraero para atender a alta demanda de turistas no período da Copa foi construir um "puxadinho". Um terminal remoto temporário foi liberado no fim de maio. Situado em frente ao novo pátio de aeronaves, o equipamento tem 1,2 mil m² de área e capacidade para 400 mil passageiros. O custo foi de R$ 1,8 milhão.

A sala de embarque improvisada tem quatro portões, sanitários e monitores de voos. Após o check-in, os passageiros serão levados por ônibus até o "puxadinho". Depois, irão a pé ou novamente de ônibus até as aeronaves. O Aeroporto Internacional Pinto Martins será o único com estrutura provisória entre as 12 cidades-sede do Mundial.

Além do duelo entre uruguaios e costa-riquenhos, Fortaleza receberá Brasil x México (terça-feira, às 16h, pelo Grupo A), Alemanha x Gana (21/6, às 16h, pelo Grupo H), Grécia x Costa do Marfim (24/6, às 17h, pelo Grupo C), uma oitavas de final (29/6, às 13h) e uma quartas de final (4/7, às 17h).

Área improvisada do aeroporto (Foto: Divulgação/Infraero)