icons.title signature.placeholder Marcio Porto
icons.title signature.placeholder Marcio Porto
25/07/2013
12:36

Virou uma epopeia a passagem de Santos por Catalão, cidade onde enfrentou o Crac-GO na última quarta-feira, pela Copa do Brasil. Assim como aconteceu na ida, o aeroporto de Uberlândia, Minas Gerais, está fechado por conta do mau tempo e a delegação do Peixe passa apuros para retornar a São Paulo.

O voo santista estava previsto para decolar às 13h15, mas funcionários do aeroporto já garantem que irá atrasar. Não há previsão para reabertura do local.

Na última terça-feira, os santistas ficaram presos no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, porque o aeroporto de Uberlândia estava fechado. A delegação só conseguiu embarcar cerca de duas horas depois do previsto - Uberlândia fica a cerca de 100 quilômetros de Catalão, que não tem aeroporto.

O problema também atrapalhou um ídolo santista. Convidado pela prefeitura de Catalão para acompanhar a partida da última quarta-feira, o ex-atacante Serginho Chulapa está desde às 5h da manhã no aeroporto esperando pelo seu voo, que sairia nesse horário. Descontraído, ele lamentou o ocorrido, mas ressaltou a vitória santista, que garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil.

E MAIS:
Aeroporto fecha de novo e Santos passa apuros; Chulapa sofre
Com moral, Neilton supera início de Neymar e vira xodó no Santos
Lucas Otávio comemora estreia pelo Santos e classificação na Copa do BR  

- Ah, o que eu vim fazer aqui, né? (Risos). Mas, falando sério, pelo menos foi um bom jogo, o Santos ganhou, o importante é isso - afirmou Chulapa, que fez elogios à molecada do Peixe.

- Estão todos muito bem, com muita personalidade. E o Santos é isso, essa tradição maravilhosa. Os moleques vão brigar - afirmou.

O Santos deixou Catalão horas depois da partida de quarta e dormiu em Uberlândia já prevendo problemas. A delegação ainda não chegou ao aeroporto e pode retornar a São Paulo de ônibus.

Virou uma epopeia a passagem de Santos por Catalão, cidade onde enfrentou o Crac-GO na última quarta-feira, pela Copa do Brasil. Assim como aconteceu na ida, o aeroporto de Uberlândia, Minas Gerais, está fechado por conta do mau tempo e a delegação do Peixe passa apuros para retornar a São Paulo.

O voo santista estava previsto para decolar às 13h15, mas funcionários do aeroporto já garantem que irá atrasar. Não há previsão para reabertura do local.

Na última terça-feira, os santistas ficaram presos no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, porque o aeroporto de Uberlândia estava fechado. A delegação só conseguiu embarcar cerca de duas horas depois do previsto - Uberlândia fica a cerca de 100 quilômetros de Catalão, que não tem aeroporto.

O problema também atrapalhou um ídolo santista. Convidado pela prefeitura de Catalão para acompanhar a partida da última quarta-feira, o ex-atacante Serginho Chulapa está desde às 5h da manhã no aeroporto esperando pelo seu voo, que sairia nesse horário. Descontraído, ele lamentou o ocorrido, mas ressaltou a vitória santista, que garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil.

E MAIS:
Aeroporto fecha de novo e Santos passa apuros; Chulapa sofre
Com moral, Neilton supera início de Neymar e vira xodó no Santos
Lucas Otávio comemora estreia pelo Santos e classificação na Copa do BR  

- Ah, o que eu vim fazer aqui, né? (Risos). Mas, falando sério, pelo menos foi um bom jogo, o Santos ganhou, o importante é isso - afirmou Chulapa, que fez elogios à molecada do Peixe.

- Estão todos muito bem, com muita personalidade. E o Santos é isso, essa tradição maravilhosa. Os moleques vão brigar - afirmou.

O Santos deixou Catalão horas depois da partida de quarta e dormiu em Uberlândia já prevendo problemas. A delegação ainda não chegou ao aeroporto e pode retornar a São Paulo de ônibus.