icons.title signature.placeholder Carlos Antunes
18/02/2015
12:10

Com três lutas pelo Ultimate, Adriano Martins terá um grande teste pela frente para ter a chance de aparecer pela primeira vez entre os principais nomes da categoria dos leves. Neste fim de semana, o lutador encara o russo Rustam Khabilov, número 14 da divisão, no UFC Porto Alegre. Em entrevista ao LANCE!Net, o manaura comemorou esse combate e quer aproveitar a oportunidade de encarar um oponente acima dele na classificação.

- Se vencer um cara rankeado dá para entrar de vez entre os tops. Creio que o UFC está valorizando a luta e eu fico feliz pelo Ultimate me dar essa chance. Nunca me deram moleza na organização, sei que não tem luta fácil, mas já lutei com muitos caras duros. Meu plano é fazer de três a quatro lutas nesse ano. Quero estar entre os melhores nesses ano e nada melhor que começar com um lutão no Brasil - disse o lutador ao L!Net, em conversa por telefone.

Com cinco vitórias por finalização na carreira, Khabilov tem como sua arma principal o jogo de solo. Porém, esse fato não assusta Adriano, que é faixa-preta de jiu-jitsu. Mas a ideia do brasileiro é ser superior ao adversário em todas áreas e levantar o público com sua apresentação.

- Venho do jiu-jitsu, já fui campeão mundial, lutei contra campeões mundiais. Vou estar preparado para o chão. O jogo dele é botar para baixo, mas tem que tomar cuidado também. Quero surpreender, dar meu máximo, independente de finalização ou nocaute, quero dar um show, fazer um lutão, com três rouns na porrada, botando para baixo - finalizou.