icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/07/2014
20:15

Adriano Martins já se encontra nos últimos preparativos para o duelo contra o mexicano Juan Manuel Puig. O combate, que é válido pelos pesos leves (até 70kg), faz parte do TUF Finale 19, que acontece neste domingo, em Las Vegas (EUA). Em busca de sua segunda vitória na organização, o brasileiro, que estreou vencendo Daron Cruickshank em novembro do ano passado, quer reabilitar-se do revés sofrido para Donald Cerrone no UFC on Fox 10, disputado no último mês de janeiro.

Dono de um consistente cartel com 25 vitórias e sete derrotas, Adriano teve seu nome adicionado ao card no final de maio. Ciente das qualidades de seu oponente, que detém um cartel de 11 vitórias e duas derrotas, ele garante ter feito o dever de casa e estudado o jogo do mexicano, que fez suas duas últimas lutas no Jungle Fight.

- Estudei bastante o jogo dele e vi que ele gosta bastante na luta de chão. É um bom adversário, mas "chão por chão" confio muito mais no meu. Estou pronto para lutar com ele em todas as áreas, mas estou indo para essa luta com o pensamento de nocauteá-lo. Quero muito conquistar mais essa vitória Espero usar o fato de estar indo para a terceira luta na organização a meu favor - revelou, através de assessoria de imprensa.

Mesmo com a interrupção de uma sequência invicta de seis duelos no início do ano, o lutador não demonstrou abatimento e disse ter tirado algumas lições da derrota para Cerrone. Para ele, a vitória no TUF Finale 19 será fundamental para colocá-lo em boa posição na categoria.

- Pude aprender bastante com a minha última derrota. Após aquele combate, enxerguei que é necessário sair da zona de conforto e buscar sempre a evolução no meu jogo. Essa vitória será muito importante para me colocar novamente em uma colocação boa na categoria e, quem sabe, em futuro próximo estar no Top 10 da divisão - afirmou.

Adriano Martins soma uma vitória em duas lutas no UFC (FOTO: Divulgação)

Profissional de MMA desde 2004, Adriano Martins também comemorou a chance de estar presente a uma das principais datas do UFC no ano. Para retribuir a confiança da organização, o manauara promete muito empenho e dedicação em cima do octógono.

- Minhas expectativas são as melhores possíveis, estou muito feliz com essa chance e vou dar o meu máximo para vencer. É uma semana importantíssima para os Estados Unidos, já que eles comemoram a Independência do país. Para mim, é uma grande satisfação lutar pela primeira vez em Las Vegas (EUA), ainda mais em um evento tão grandioso - concluiu.