icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/02/2015
10:00

Jonathan Cafu, de 23 anos, mal chegou ao São Paulo e já pode se gabar de ter balançado as redes na Libertadores. Autor do quarto tento tricolor na vitória por 4 a 0 sobre o Danubio, nessa quarta-feira, no Morumbi, o atacante brincou sobre sua "sorte". Ele entrou em campo aos 41 minutos, no lugar de Michel Bastos, e precisou de pouco mais de cem segundos para deixar sua marca.

– Eu tive tranquilidade ali na frente do goleiro, de tirar dele, e continuar assim. Se, toda vez que eu entrar, tiver essa sorte aí, vai ser bom para o São Paulo – comentou o jogador na saída do gramado, instantes após marcar seu primeiro tento pelo Tricolor.

Cafu, que chegou o São Paulo em janeiro desta temporada, sabe que não será fácil conquistar uma vaga na equipe de Muricy Ramalho. E entre tantos atacantes, o Tricolor tem Alexandre Pato vivendo uma das melhores fases de sua carreira (o camisa 11 anotou dois gols contra o Danubio). Concorrência para o jovem recém-chegado da Ponte Preta? A palavra certa não é bem esta...

– Ah, ele foi nota dez, nota mil. Foi o homem do jogo sem dúvida. Pelo fato de fazer os dois gols, mais do que certo dar o prêmio de melhor jogador para o Pato – discorreu Cafu pouco após a goleada do São Paulo.