icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/11/2013
12:10

Após a primeira derrota no comando do Vasco, o técnico Adilson Batista afirmou que pode mudar o esquema do time do Vasco para a partida contra o Corinthians, no próximo domingo, às 17h, no Pacaembu. Mas a principal razão para a possível mudança são as suspensões e condição física dos jogadores:

- Não se trata só de mudar, não consegui repetir uma formação por problemas de lesões, suspensões, aspectos físicos. Agora já estou sem o Pedro Ken, vou ter a volta do Yotún, mas precisamos olhar o lado físico do time também. No último jogo perdemos dois jogadores com 15 minutos de partida. Mas vamos pensar ainda no que fazer. O Corinthians é diferente do Grêmio, tem outros jogadores, outro posicionamento, um trabalho de três anos do Tite. O Grêmio saiu mais para o jogo, tivemos três situações de contra-ataque para servir melhor nossos companheiros e não fizemos - disse o treinador após a derrota por 1 a 0 para o Grêmio, na noite da última quarta-feira, em Porto Alegre.

Na sua estreia, contra o Coritiba, Adilson não contava com Nei e Sandro Silva, suspensos, e utilizou um esquema com apenas um atacante, Edmilson. Já contra o Santos, no último domingo, Wendel estava suspenso e o técnico mudou o esquema para o 4-4-2. Para a última partida, não contou com Yotún, suspenso, além de Juninho e Reginaldo, machucados. Ainda contra o Grêmio, o treinador teve que improvisar o volante Wendel na lateral-esquerda, e surpreendeu ao escalar o time com três zagueiros e três volantes.

Para a partida contra o Corinthians, o Vasco tem oito jogadores pendurados com dois cartões amarelos: André, Abuda, Cris, Diogo Silva, Fellipe Soutto, Henrique, Luan e Renato Silva.