icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/11/2013
20:03


O técnico do Vasco, Adilson Batista, voltou aos tempos de jogador e participou do treino do cruz-maltino na manhã desta sexta-feira. Mas o ex-zagueiro fez questão de ressaltar que não era saudade de jogar, e, sim, apenas trabalho:

- Não era recreativo. O Rodolfo ficou aqui dentro de última hora, aí no trabalho nove contra nove, fiz uma sombra alí. Era trabalho mesmo, não era saudade. Entrei mais para fazer um complemento, para trazer mais um para trás, para exercer marcação. Mas não escreve que eu tava rachão que você me prejudica depois. E eu fui mal também (risos). Eu acho que fui mal... Pesado - disse Adilson em entrevista coletiva.

Ainda que tenha achado o próprio desempenho ruim, Adilson teve momentos de destaque, como um passe para gol e alguns bons lances na defesa.

Como zagueiro, Adilson teve maior destaque no Grêmio, onde foi campeão brasileiro em 1995 e da Libertadores de 1996, e no Corinthians, seu último clube, onde foi campeão mundial, em 2000, justamente sobre seu atual clube como técnico, o Vasco.