icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/12/2013
13:54

Entrando, mais uma vez, durante o segundo tempo, o meia Bernardo teve boa atuação e ajudou a garantir a vitória sobre o Náutico, marcando o segundo gol do Vasco aos 41 minutos do segundo tempo, no último domingo. E o técnico Adilson Batista elogiou o jogador:

- Nós o lançamos em 2008, safra boa de atletas do Cruzeiro. É talentoso, com potencial enorme. Fez por merecer esse carinho do torcedor. Jogador decisivo, bola parada extraordinária, frieza para decidir. Volto a dizer: ele estava voltando de lesão, processo de transição, teve alguns cuidados e ele está procurando melhorar a sua parte física. Técnica, a gente ja sabe. Minha intenção sempre foi ajuda-lo. Às vezes, não foi agradar determinado segmento, mas procuro ser coerente para o bem da equipe, mesmo desagradando muita gente. Mas tenho minha consciência de ajudar o coletivo - disse o treinador.

Após seis meses sem atuar, devido a uma cirurgia no joelho esquerdo, Bernardo voltou ao time do Vasco na partida contra o Santos, no último dia 10 de novembro. Depois, só atuou nos minutos finais do jogo contra o Cruzeiro, pela 36ª rodada. O meia não é titular em uma partida desde o jogo contra o Quissamã, pelo Campeonato Carioca, em abril deste ano, quando sofreu a lesão no joelho esquerdo.

Desde que chegou ao Vasco, o técnico Adilson Batista já disse, inicialmente, que o Bernardo não suportaria jogar 90 minutos. Depois, disse que poderia ser utilizado durante 25 minutos na partida contra o Cruzeiro, o que não aconteceu, pois o meia só entrou nos acrécimos da partida. Agora, no jogo contra o Atlético-PR, no próximo domingo, a torcida espera que o xodó Bernardo seja decisivo para salvar o Vasco do rebaixamento.