icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/03/2014
21:24

Entre os grandes feitos de Bellini com a camisa da Seleção Brasileira, os conselhos para o ainda garoto Pelé na Copa do Mundo de 1958 talvez tenham sido de suma importância para a conquista na Suécia. O Rei do Futebol recordou o apoio recebido e demonstrou tristeza com a morte do capitão, confirmada no final da tarde desta quinta-feira.

- Na Copa de 1958, ele foi um dos jogadores que me deu muitas orientações, porque era um dos mais experientes. Eu tinha apenas 17 anos, era muito jovem e tudo para mim era novidade. É uma perda muito grande para o futebol brasileiro - declarou Pelé ao GloboEsporte.com.

Bellini também esteve presente em dois momentos difíceis para o Rei com a camisa amarelinha. Em 1962, a dupla voltou a conquistar a Copa do Mundo, mas o camisa 10 sofreu uma lesão e não participou da maior parte da campanha do bi. Quatro anos depois, os canarinhos nem de longe mostraram o futebol das edições anteriores do Mundial e fracassaram na Inglaterra.

Bellini faleceu no final da tarde desta quinta-feira devido a complicações provocadas pelo Mal de Alzheimer, combatido pelo ex-jogador de Vasco da Gama e São Paulo desde 2011. O enterro do ídolo está marcado para esta sexta-feira na cidade de Itapira, onde o zagueiro nasceu e iniciou a carreira, localizada no interior paulista.

Menos um herói! Bellini é homenageado no Rio de Janeiro