icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese
11/06/2014
12:39

Além de planejar uma semana de preparação em solo brasileiro, a seleção da Alemanha quer se sentir ainda mais adaptada antes da estreia na Copa do Mundo, no dia 16, na Arena Fonte Nova, em Salvador, diante de Portugal. A partir desta quarta-feira, a comissão técnica programou treinos a partir das 13h, que será o horário do jogo contra os lusitanos, no "Campo Bahia", na vila de Santo André, do município de Santa Cruz Cabrália, no sul da Bahia.

- É um horário completamente diferente ao que estamos acostumados na Europa. Temos que ter mais cuidado com o sono, como o que comemos no café da manhã e no almoço... Vamos simular essa situação nos treinos para ver como nos adaptamos - disse o atacante André Schürrle.

Na segunda-feira, os alemães realizaram o treinamento aberto para a torcida obrigatório pela Fifa. A atividade contou com cerca de 300 torcedores e vinte indígenas da tribo Pataxó entraram no gramado, dançaram com jogadores e presentearam o aniversariante Miroslav Klose com um arco e flecha e um instrumento musical.

Na terça, com a manhã livre, os jogadores passearam na praia e depois subiram em um veleiro para uma palestra motivacional do explorador sul-africano Mike Horn. No treino da própria terça à tarde, assim como será nesta quarta, os germânicos liberaram apenas 15 minutos para imagens da imprensa. Na ocasião, os jogadores fizeram apenas um aquecimento. Os trabalhos técnicos e táticos não serão revelados.

O técnico Joachim Löw ainda faz mistério em relação à formação inicial da Alemanha na estreia. No amistoso contra a Armênia, vencido por 6 a 1, na última sexta-feira, a formação titular foi: Weidenfeller; Boateng, Mertesacker, Hummels e Howedes; Khedira, Lahm, Kroos, Muller e Reus; Schurrle. Recuperado de lesão no ombro, o goleiro Manuel Neuer deve assumir a titularidade. Schweinsteiger, também recuperado, deve entrar no meio, assim como Özil ou Götze no lugar de Marco Reus, que rompeu os ligamentos do tornozelo esquerdo e foi cortado. Na frente, a dúvida ainda está sobre quem será a referência: Schürrle ou Podolski.

- Nos últimos dois jogos, Podolski e Schürrle agregaram muito à equipe. Não vejo quem tem vantagem maior. Vamos esperar para ver como as coisas vão acontecer nos treinos. A partir daí saberemos qual a melhor equipe para o dia 16 - afirmou o auxiliar-técnico Hans-Dieter Flick.