icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
06/02/2015
12:54

Os cinco acusados de matar Paulo Ricardo Gomes da Silva com um vaso sanitário atirado da arquibancada do Arruda no dia 2 de maio de 2014 souberam nesta quinta-feira que vão a júri popular. Segundo informações do Superesportes, Everton Filipe Santiago de Santana, Luiz Cabral de Araújo Neto e Waldir Pessoa Firmo Júnior vão responder pelos crimes de homicídio qualificado e três tentativas de homicídio. A audiência no Tribunal do Júri deve ocorrer ainda em 2015.

O agendamento da audiência vai depender da pauta da 2ª Vara do Júri. O promotor Roberto Brayner  acredita que o julgamento aconteça ainda no primeiro semestre.

Ainda de acordo com o Superesportes, na audiência de instrução e julgamento desta quinta a defesa dos acusados alegou que os seus clientes não tinham a intenção de matar ninguém, apenas protestar contra a má fase do Santa Cruz na Série B.

Porém, para o Ministério Público não tem dúvidas que os acusados queriam sim atingir os torcedores rivais.